27 termos do mercado financeiro para conhecer antes de investir

Você conhece os principais termos do mercado financeiro e seus significados? Leia o texto e descubra!

Anúncios


27 termos do mercado financeiro para conhecer antes de investir

O mercado financeiro tem uma variedade de termos desconhecidos por quem não entende sobre o assunto. 

Cartões mais recomendados

Alguns com pronúncias até difíceis, mas com um significado bem simples. 

Conhecer esses termos é essencial para quem deseja começar a investir, isso porque, torna o caminho mais simples e fácil de compreender.  Além disso, pode evitar situações indesejadas.

No texto de hoje você conhecerá os principais termos do mercado financeiro e seu significado, então, não deixe de efetuar a leitura até o fim para aumenta seu vocabulário de investidor!

O que são termos do mercado financeiro?

Termos são palavras que representam um conceito, ideia, etc. Eles podem ser constituídos por apenas uma palavra ou por um grupo delas. 

O mercado financeiro tem seu próprio glossário de termos e, entender o que os principais representam é primordial para quem investe. 

Anúncios


Muitos iniciantes desistem de aplicar por não entender esses termos e pensar que são “bichos de sete cabeças”.

Contudo, a maioria é bem simples de entender, inclusive, como muitos desses nomes estão em inglês, parece ser ainda mais difícil.

Captação? Liquidez? Amortização? Montante? Será que tem os mesmos significados de nomes que usamos no dia a dia?

Vamos descobrir juntos?

Termos do mercado financeiro

1. Alíquota

Certamente, esse é um termo muito comum no mercado financeiro, você já deve ter escutado e se perguntado o que significa. 

Alíquota é um valor fixo ou até mesmo percentual calculado sobre a quantia monetária, normalmente, o valor de algum modelo de imposto.  

Anúncios


Por exemplo, no mundo dos investimentos, a alíquota do Imposto de Renda representa uma taxa que o investidor deve pagar em tributos, essa taxa é baseada no que ele investiu ou nos seus rendimentos. 

É muito importante saber qual será o cálculo da alíquota do IR sobre seus investimentos, pois, ela impacta o retorno das suas aplicações.

2. Montante

No dia a dia, o montante representa uma quantidade, está normalmente relacionado a uma quantia consideravelmente grande. 

No mercado financeiro o termo também representa uma quantia, na verdade, o valor acumulado ao final de uma operação financeira. 

Ou seja, o dinheiro que você investiu + rendimentos. 

Portanto, observe um exemplo para ficar mais claro: a alíquota do IR pode ser cobrada em cima desse montante, ou seja, será descontado da soma do valor investido + os juros que renderam. 

Viu, como foi simples de entender o que significa alíquota e montante? Vamos aumentar um pouco o nível de dificuldade e conhecer mais termos do mercado financeiro. 

3. Aporte

O aporte é a quantia de dinheiro que você aplica, ou seja, o aporte mensal é quanto você investe todos os meses na sua carteira de longo prazo. 

Já o aporte único é quando você aplica apenas uma vez, ou seja, a primeira aplicação do investidor, mas para obter melhores resultados é importante fazer de modo contínuo.

4. Ativos

Ativos são os bens ou produtos de valor que uma pessoa física ou jurídica tem. Basicamente, pode ser considerado ativo tudo o que pode ser convertido em dinheiro, na prática. 

Por exemplo:

  • Os automóveis da empresa;
  • Estoque que pode ser vendido e transformado em dinheiro;
  • Dinheiro no banco.

5. Passivos

Os passivos são quase contrários aos ativos. Eles representam tudo o que pode ser um custo, por exemplo, todas as despesas de uma empresa. 

Entre as obrigações financeiras de uma empresa podemos destacar:

  • Hipotecas;
  • Impostos;
  • Fornecedores;
  • Salários dos funcionários;
  • Aluguel;
  • Água;
  • Energia.

6. Amortização 

Esse é um dos termos do mercado financeiro muito utilizado e conhecido. A amortização é um termo comum em empréstimos e financiamentos. 

Ele se refere ao pagamento de um valor que se deve, podendo ser amortizado o valor total ou em parcelas. 

Todavia, nos investimentos, a amortização é o pagamento sobre a devolução da quantia investida no início.  

7. Captação

No mercado financeiro essa palavra pode ter diferentes significados. 

Em primeiro lugar, ela representa o recolhimento que as plataformas de investimentos, bancos ou instituições financeiras fazem quando o investidor compra um título.

Além disso, pode representar a captação de recursos financeiros que uma empresa faz, ou seja, os aportes financeiros que ela precisa fazer para o seu caixa.

8. Emissor

Emissor é o dono de um investimento, eles podem ser empresas privadas ou federais, por exemplo. 

Elas emitem títulos públicos ou disponibilizam suas ações à venda no mercado. 

9. Liquidez do título

Liquidez é o fluxo com que o título se transforma em dinheiro. Por exemplo, quando falamos que um rendimento possui liquidez diária, isso significa que ele rende todos os dias, ou seja, se multiplica. 

10. Ações

Certamente, esse é um dos termos do mercado financeiro mais conhecido e fácil de entender, pois é comum na nossa sociedade. 

As ações ou papéis representam uma parte que compõem o capital social de uma empresa. 

Elas são negociadas na Bolsa de Valores ou no mercado de balcão, normalmente quando são emitidas por companhias abertas. 

11. After Market

É um tempo extra após o fim do expediente na Bolsa de Valores. Os investidores ganham esse tempo para realizar as últimas operações depois do horário de funcionamento normal da bolsa.

12. Alavancagem

Alavancagem é uma estratégia onde o investidor usa recursos de terceiros para aumento do lucro. 

Normalmente, essa técnica é utilizada em investimentos de curto prazo, inclusive, por Day Traders, que fazem negociações no prazo de 24 horas.

Nessa etapa é necessário operar com um valor maior do que seu patrimônio, dessa forma, fica mais fácil alavancar o retorno financeiro.

13. Dividendos

Os dividendos estão relacionados à parte dos lucros da empresa distribuídos entre os acionistas.  

14. Debêntures

Os debêntures são os títulos que equivalem às dívidas de médio a longo prazo de uma organização. 

15. Prazo de vencimento

É a data de encerramento dos seus investimentos, onde inclusive, você tem acesso aos rendimentos das suas aplicações. 

Os investimentos são classificados de curto, médio e longo prazo e eles devem ser escolhidos conforme seus objetivos. 

Por exemplo, seu objetivo é a previdência privada, deve escolher investimento de longo prazo. 

Os investimentos de curto prazo duram até 2 anos, os de médio duram acima de dois e menos de 5 anos.

Agora, os investimentos de longo prazo duram acima de 5 anos e são essenciais para objetivos maiores. 

17. Apólice

Apólice é um documento obtido no momento em que é contratado um seguro. 

18. Bear Market e Bull Market

Bear Marketing traduzido significa “Mercado do Urso”, Bull Market, por sua vez, numa tradução livre significa “Mercado do Touro”. 

O termo Bear Market é utilizado no mercado financeiro quando há uma expectativa de queda de um preço.

Entretanto, quando a expectativa é de alta dos preços, o termo utilizado é Bull Market.

19. Carteira de ações

Um grupo ações de diferentes organizações. 

20. Carteira de investimentos

Um grupo de ações de diferentes tipos de riscos. É muito importante que a sua carteira de ações seja bem diversificada para ter mais segurança nas operações.

21. Câmbio

O câmbio é um dos termos do mercado financeiro, aliás, muito conhecido. Câmbio é quando se faz a troca de uma moeda por outra. 

Por exemplo, ao viajar para os Estados Unidos você precisa fazer câmbio do dinheiro, ou seja, trocar o real por dólar para ter dinheiro em espécie do país a fim de usar na viagem.

22. CDB

O Certificado de Depósito Bancário são títulos de prazos fixos emitidos por bancos. Ele representa modelos de investimentos que podem ser pré-fixados, flutuantes ou pós-fixados.

23. CDI

O Certificado de Depósito Interbancário são títulos emitidos pelos bancos como forma de captação ou para aplicação dos recursos excedentes, ou seja, emprestando aos bancos que precisam fazer captação de recursos financeiros. 

24. Taxa Selic

A taxa Selic é a taxa que rege o mercado financeiro. Ela é determinada pelo Bacen e serve como referência nas taxas de juros da economia do país. 

25. Cotação

Cotação da Bolsa de Valores é o preço vigente dos ativos. Eles são definidos a partir dos níveis de oferta e de demanda no mercado.

26. FGC (Fundo Garantidor de Crédito)

O FGC é a organização que protege os investidores caso o emissor do ativo vá à falência ou intervenha de alguma forma.  

27. Rentabilidade

Os rendimentos são os juros que rendem enquanto seu dinheiro está investindo, em outras palavras, é o retorno que você tem sobre o valor aplicado. 

Ela pode ser definida de diferentes formas, por exemplo, através de taxas pré ou pós-fixadas.

Conclusão

Esses são apenas alguns dos termos do mercado financeiro que você precisa conhecer antes de começar a investir. 

Contudo, não é necessário aprender tudo de uma vez, mas é importante ir conhecendo com frequência, pois são essenciais para o seu progresso no mercado financeiro. 

Aqui em nosso blog você encontra muitos conteúdos sobre termos e outros assuntos do mercado financeiro. 

Comece seu aprendizado descobrindo como montar uma carteira conservadora e trazer mais segurança para seus investimentos.🔜Leia nosso conteúdo completo.

Além disso, ative as notificações para receber nossos conteúdos em primeira mão e se sentir mais seguro para começar a investir!

No site da Bolsa de Valores oficial do Brasil você encontra um glossário com mais alguns termos do mercado financeiro.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Leia Mais

Cartão VISA com limite INACREDITÁVEL

Você já descobriu a novidade que a VISA está proporcionando aos clientes? Um novo cartão com limite inacreditável está na área! Anúncios Nossa equipe decidiu