8 hábitos financeiros que acabam com o seu dinheiro

Será que você tem algum desses hábitos financeiros?

Anúncios



Existem hábitos financeiros bons e ruins. Muitas vezes, nós estamos tão acostumados com a nossa rotina, que nem percebemos alguns dos hábitos que podem estar acabando com o nosso dinheiro.

Cartões mais recomendados

São práticas comuns que as pessoas tendem a se acostumar, mas que no médio e longo prazo, trazem consequências.

A boa notícia é que mudar esses hábitos é algo possível! Mas para isso, é preciso ter disciplina e motivação.

A seguir, veja quais práticas podem estar levando o seu dinheiro embora rapidamente.

8 hábitos financeiros que acabam com o seu dinheiro

1. Realizar pequenos gastos diários sem controlá-los

Pode até parecer besteira, mas a verdade é que os pequenos gastos, quando acumulados, fazem uma grande diferença no orçamento.

O problema não é exatamente fazer as pequenas compras, mas ignorar esses gastos, que deveriam ser anotados em uma planilha.

Anúncios


Quanto você tiver noção dessas despesas, poderá se planejar melhor!


2. Considerar o cheque especial parte da renda

O cheque especial é um tipo de “empréstimo automático”.

Ou seja, é um limite de crédito disponibilizado em conta corrente, que pode ser usado quando não houver saldo suficiente para o pagamento das contas.

Acontece que estamos falando de um recurso perigoso, que pode dar origem a um dos piores hábitos financeiros: achar que o cheque especial faz parte do orçamento.

Por mais que essa ferramenta possa trazer um alívio financeiro momentâneo, é preciso lembrar que aquele dinheiro não é seu.

Isso significa que você terá que pagá-lo e com juros altos.

Anúncios


A situação, muitas vezes, se transforma em uma bola de neve: o consumidor gasta mais e quando o salário cai na conta, a renda já fica comprometida por causa do cheque especial.

Por esse motivo, utilize o cheque especial apenas em situações extremas!


3. Não ter objetivos para o seu dinheiro guardado

Economizar é um dos principais pilares da educação financeira.

Se você está conseguindo poupar uma parte da sua renda, de certa forma, já está garantindo a tranquilidade financeira em momentos de imprevistos.

Mas se você não tiver um objetivo para esse dinheiro, em algum momento, poderá gastá-lo com algo desnecessário.

Por isso, é interessante estabelecer seus principais objetivos. Você quer fazer uma viagem no final do ano? Trocar o carro? Construir a sua reserva de emergência?

Saber qual é o motivo para poupar dinheiro é essencial para que você consiga manter o foco!


4. Não investir o seu dinheiro

Como falamos, economizar é importante e é algo que deve ser feito.

Porém, apenas economizar não basta. Afinal, investir é um dos outros pilares da educação financeira.

É que por causa da inflação, se você apenas guardar dinheiro, irá perder o seu poder de compra, principalmente se estiver pensando em objetivos futuros e de alto valor.

Sendo assim, para você potencializar os seus ganhos no médio e no longo prazo, é essencial começar a investir.

Em relação ao melhor tipo de investimento, tudo depende dos seus objetivos, perfil de investidor e da sua tolerância aos riscos.

citação

5. Não ter uma reserva de emergência

A reserva de emergência é um dinheiro guardado ao longo do tempo para cobrir despesas fixas em caso de imprevistos.

Ela deve ser utilizada quando a pessoa sofre com uma queda repentina na renda ou precisa lidar com um gasto inesperado, como o conserto do carro ou de um eletrodoméstico, por exemplo.

Essa reserva vai fazer com que você se sinta mais tranquilo financeiramente, pois caso algo aconteça, poderá utilizar o dinheiro guardado.

Desse modo, não precisará recorrer a empréstimos com juros altos.

O ideal é que você coloque a sua reserva de emergência em uma aplicação de baixo risco, com liquidez diária e que rende.

Uma boa opção são os bancos digitais, como o Picpay, por exemplo. Atualmente, o dinheiro que você guarda na carteira digital do Picpay, irá render 110% do CDI.

É um valor relativamente vantajoso, quando comparado aos rendimentos que a caderneta de poupança tradicional oferece.


6. Desperdiçar

O desperdício é um dos piores hábitos financeiros que você pode ter.

O problema é que nem sempre notamos que o desperdício ocorre.

Você, por exemplo, já jogou fora algum alimento que esqueceu de consumir e ele passou da validade? Ou então, esqueceu as luzes acesas na sua casa?

São coisas assim que podem gerar um acréscimo desnecessário na sua conta.

Utilize o seu dinheiro de forma inteligente! Veja se não está gastando demais com coisas que não precisa e não usa.


7. Comprar de forma impulsiva

As compras impulsivas levam seu dinheiro embora de forma desnecessária.

Todos nós, em algum momento, já compramos algo de forma impulsiva. Mas é só a fatura chegar, que a “alegria momentânea” de comprar algo, passa rapidamente.

Para te ajudar a fugir dessas armadilhas, vamos listar alguns fatores que influenciam as compras compulsivas:

• Promoções

• Lábia dos vendedores

• Propagandas na televisão e nas mídias sociais

Além disso, é importante mencionar que as suas emoções, também podem influenciar os seus hábitos financeiros de maneira negativa. Por isso, evite fazer compras quando estiver muito feliz ou triste.


8. Pagar taxas desnecessárias

Sabe aquelas taxas desnecessárias que sempre aparecem na sua fatura, mas só servem para aumentar a sua lista de despesas mensais?

Está na hora de tirá-las da sua vida em 2022!

Pagar taxas de produtos bancários que você não usa, anuidade de cartão de crédito e assinaturas de serviços que não utiliza há meses, podem levar parte do seu dinheiro embora.

Por mais que sejam valores pequenos, lembre-se de que toda economia é útil e que os pequenos gastos podem se transformar em uma bola de neve.

Ao fazer isso, você conseguirá eliminar gastos desnecessários. Consequentemente, vai sobrar mais dinheiro na sua conta, que poderá ser usado para adquirir produtos e serviços do seu interesse ou, até mesmo, para fazer aplicações financeiras.

dicas para mudar a sua vida financeira em 2022

Conclusão

Agora você já sabe quais são os hábitos financeiros que levam embora o seu dinheiro de forma desnecessária.

É importante ter esse conhecimento, pois somente dessa forma, se torna possível construir a sua reserva de emergência e alcançar a liberdade financeira.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Leia Mais

Cartão VISA com limite INACREDITÁVEL

Você já descobriu a novidade que a VISA está proporcionando aos clientes? Um novo cartão com limite inacreditável está na área! Anúncios Nossa equipe decidiu