Tesouro RendA+: como funciona e quais são as vantagens

O Tesouro RendA+ é um novo título do Tesouro Direto, destinado a quem pretende ter uma renda extra no período de aposentadoria.

Anúncios

Isso porque, por meio dele é possível obter rendimentos por um período de 20 anos com proteção contra aumento de inflação, contando com segurança e facilidade de aplicação, que já são comuns ao Tesouro Direto.

Por isso, se você está preocupado com o futuro financeiro da sua família, essa opção pode te auxiliar no planejamento da sua aposentadoria.

No material de hoje conversamos sobre o assunto, a fim de te mostrar todas as vantagens da proposta. Continue por aqui!

O que é o Tesouro RendA+?

A preocupação com a aposentadoria é algo que acompanha quase todos os brasileiros, especialmente aos que verificam a possibilidade de terem uma queda brusca na renda.

Mas, para aqueles que investem com o Tasouro RendA+ é possível abrir os olhos para um novo cenário, onde a renda não é um problema.

Isso porque, o Tesouro RendA+ é uma nova modalidade de aplicação do Tesouro Direto, destinada a quem pretende obter rendimento na fase de aposentadoria.

Anúncios

Explicando de forma simplificada, basicamente você realiza aplicações no Tesouro RendA+, e passado o período de acumulação, é possível receber rendimentos por 20 anos, no chamado período de conversão.

A ideia é que estes rendimentos do período de conversão funcionem como uma renda extra, e assim permitam o complemento da renda na fase de aposentadoria.

Então, fica esclarecido que este título é voltado para quem se preocupa com o futuro, uma vez que favorece o planejamento financeiro. 

++Tesouro Direto e Tesouro Selic: tudo o que você precisa saber (valorizei.com).

Quais as vantagens dessa proposta?

Neste momento você já tem uma ideia do que é o Tesouro RendA+, mas, ainda falta falarmos sobre as vantagens dessa proposta.

Isso porque, sabemos que o Tesouro Direto é uma possibilidade de investimento que se destaca pela facilidade de aplicação e pela segurança.

Com isso, para se tornar um investidor do Tesouro Direto, em geral, não é preciso ter uma vasta experiência no mercado de aplicações, além desta proposta ser indicada para perfis conservadores.

Então, o Tesouro RendA+ acaba tendo uma proposta muito parecida, de modo que segurança e facilidade de aplicação são algumas das principais vantagens, mas, veremos mais algumas a seguir: 

Variedade 

O Tesouro RendA+ oferece 8 títulos para aplicação, de modo que você pode escolher qual título deseja investir, com base no seu perfil e disponibilidade.

Liquidez 

Ficar preso (a) ao período de carência pode ser um problema, especialmente para investidores iniciantes.

Mas, com o Tesouro RendA+ você não tem esse problema, visto que o período de carência é de apenas 60 dias.

Passado este período você pode vender seus títulos, mas, vale dizer que isso deve ser feito com cautela, a fim de evitar perdas.

Isenção da Taxa de Custódia

Quando falamos em Taxa de Custódia nos referimos à tarifa paga pelo investidor ao banco, para que este registre a aplicação realizada.

Com o Tesouro RendA+ você não precisa se preocupar com este custo, uma vez que para títulos levados até o vencimento, existe isenção na taxa de pagamentos mensais no valor de até 6 salários mínimos.

Rentabilidade acima da inflação com o Tesouro RendA+

Quando falamos em investimento, o assunto inflação sempre traz algumas dúvidas, visto que por vezes, este índice afeta a rentabilidade da aplicação.

Mas, para aplicadores do Tesouro RendA+ essa preocupação não existe, visto que os rendimentos recebidos no período de conversão contarão com correção com base na inflação.

Isso pode te interessar: O que é Tesouro Direto e quanto rende o investimento? – Valorizei.

Quem pode investir no Tesouro RendA+?

O investimento no Tesouro RendA+ é bem acessível, visto que é possível realizar aplicações a partir de R$ 30,00.

Vale dizer que não existe um perfil específico, de modo que qualquer cidadão, sendo este pessoa física, pode adquirir títulos nesta modalidade.

Mas, é importante explicarmos que, assim como toda modalidade de aplicação, o Tesouro Direto possui particularidades, de modo que é recomendado estudar sobre o assunto antes de fazer aplicações.

Mas, caso você já tenha o conhecimento necessário, saiba que é possível iniciar a aplicação em qualquer idade, caso o seu foco seja ter uma renda complementar para o futuro.

Veja o passo a passo para aderir à proposta

Para começar a investir no Tesouro RendA+ o primeiro passo deve ser criar o seu cadastro para acessar a plataforma do Tesouro Direto.

A boa notícia é que atualmente isso pode ser feito com mais facilidade, graças ao Cadastro Simplificado, realizado a partir da conta do Gov.br.

  • Então, acesse a sua conta do Gov.br e em seguida realize os procedimentos de segurança.
  • Isso feito, informe os dados pessoais solicitados;
  • Selecione uma das corretoras para intermediar a operação. Lembrando que você poderá acompanhar os seus títulos pela plataforma do Tesouro Direto ou pela corretora;
  • Conclua o seu cadastro, e em seguida, selecione o (s) título (s) que deseja adquirir. Lembrando que existem títulos a partir de R$ 30,00.
  • Após adquirir o seu título, você poderá acompanhá-lo pela plataforma, além de poder adquirir outros durante o período de acumulação.

As regras sobre liquidez, venda de títulos e início do período de conversão serão detalhadas logo após o processo de aquisição do (s) título (s).

Então, como podemos ver, o processo de investimento no Tesouro RendA+ é bem simples, e a proposta conta com diversas vantagens, portanto, se deseja planejar o seu futuro, vale considerar esta opção!

Para mais informações, acesse a página do RendaMais.

Leia também: Tesouro Direto lança título voltado para mulheres: conheça o Tesouro Educa+  – Valorizei