Renda fixa no exterior: veja como investir e descubra as principais opções

Descubra como investir em renda fixa no exterior

Anúncios



Você já ouviu falar na possibilidade de investir em renda fixa no exterior?

Cartões mais recomendados

Essa categoria de investimentos tem chamado a atenção dos brasileiros.

Conhecida pela segurança e previsibilidade, essa categoria de investimentos é a preferida dos investidores mais conservadores, ou seja, aqueles que não desejam correr riscos.

De qualquer forma, mesmo se você for um investidor arrojado, vale a pena possuir ativos de renda fixa na sua carteira, para que assim, você possa criar uma estratégia de diversificação.

E se você quer saber mais sobre o assunto, está no lugar certo!

Abaixo, confira as principais informações sobre a renda fixa no exterior.

renda fixa no exterior

O que é renda fixa?

Anúncios


A renda fixa é um tipo de investimento que as pessoas podem conhecer ou prever a rentabilidade, antes mesmo de realizar a operação.

Ou seja, é possível saber o cálculo de rendimento da aplicação.

Para entender esse tipo de investimento, é necessário saber que na prática, ao comprar um título de renda fixa, você está emprestando o seu dinheiro para o governo, uma empresa ou um banco.

Em troca, na data acordada, você receberá o seu dinheiro de volta acrescido de juros.

Os investidores que procuram por rendimentos mais estáveis conseguem encontrar isso na renda fixa.

É o primeiro investimento que você deve fazer caso não tenha muita experiência ou então, está pensando em construir a sua reserva de emergência, por exemplo.


Como investir em renda fixa no exterior?

Anúncios


Para começar a investir em renda fixa no exterior, o primeiro passo é abrir uma conta em uma corretora estrangeira.

Assim, você poderá fazer transferências através de remessas bancárias. É importante lembrar que todos os trâmites do investimento são realizados na moeda local.

O mais recomendado é abrir uma conta em uma corretora americana, pois através dela, você terá acesso a ações de diversas empresas até mesmo da Europa e Ásia!

Além disso, será mais fácil gerenciar os seus ativos, pois você terá tudo em uma única plataforma.

Caso você não queira abrir uma conta em uma corretora do exterior (já que o processo pode ser um pouco complicado), pode começar a investir em BDRs.


Quais são as principais opções de renda fixa no exterior?

Você quer investir em renda fixa no exterior? Então confira as principais opções:

citação

1. Bonds norte-americanos

Os títulos de renda fixa emitidos pelo governo dos Estados Unidos são muito parecidos com as debêntures e o Tesouro Direto no Brasil.

Eles são emitidos pelo governo dos EUA como forma de captar recursos para financiar atividades públicas.

Isso significa que ao investir em um título do tesouro americano, você está, na verdade, financiando o governo dos Estados Unidos.

Como a garantia é do próprio governo americano, considerada a economia mais forte do mundo, os Bonds norte-americanos são títulos extremamente seguros.

Assim como ocorre com o Tesouro Direto Brasileiro, os treasuries possuem um prazo de vencimento.


Quais são os principais tipos de bonds?

Agora que você já sabe o que são bonds, está na hora de conhecer os principais tipos:


Treasury Bonds

Conhecidos como T-Bonds, esses títulos apresentam maior prazo em relação aos títulos emitidos pelo Tesouro Americano.

Possuem prazos acima de 10 anos e, atualmente, são emitidos com 30 anos.

Sendo assim, são investimentos mais interessantes para quem está pensando no longo prazo.

Os Treasury Bonds oferecem pagamentos semestrais.

Também há outros tipos de títulos americanos: T-Bills e T-Notes. Eles são recomendados para investidores com foco no curto e médio prazo (entre um e dez anos).

Saving bonds

Os saving bonds são emitidos com o objetivo de ajudar a pagar os empréstimos do governo americano.

Esses títulos de capitalização são considerados seguros, pois são garantidos pelo crédito do governo dos EUA.

O título irá acumular juros com o tempo. Contudo, o investidor não irá receber os juros até que o valor seja resgatado.

Eles podem ser resgatados apenas pelos donos dos títulos e não é possível vendê-los para outras pessoas.


2. Certificate of Deposits (CDs)

Os Certificate of Deposits são parecidos com os Certificados de Depósito Bancário (CDB).

Entretanto, eles são captados no mercado externo.

Para ter acesso a eles, é preciso abrir uma conta em uma corretora americana. Também há ETFs (Exchange Traded Funds) que investem nesses títulos.

Esses produtos são emitidos por bancos ou instituições financeiras privadas. Uma das principais vantagens é que eles oferecem taxas acima dos títulos de governo no mesmo prazo.


É possível investir em Saving Bonds ou Treasury Bonds?

Se você está considerando essas opções de investimentos para a sua carteira, veja o passo a passo que preparamos para você:


Abra conta em uma corretora

Para receber todo o suporte necessário na hora de investir, é muito importante que você abra a sua conta em uma corretora.

Como os procedimentos de compra e regras tributárias podem ser diferentes em outros países, o suporte profissional se torna essencial para você tomar as melhores decisões e não cometer erros.


Avalie as opções disponíveis

Ao criar uma conta na corretora, você terá acesso a muitas opções de investimentos.

Mas antes de fazer qualquer aplicação, se informe sobre as regras, remuneração, prazos e riscos envolvidos.


Faça as aplicações

Envie os valores para a corretora, para que assim, a empresa possa fazer as aplicações.

Porém, não basta apenas investir! É necessário ficar de olho para acompanhar o andamento.

Além disso, verifique como será feito o envio dos rendimentos. É comum que taxas, que variam de acordo com as instituições, sejam cobradas.

Uma boa opção para realizar os envios é a empresa Remessa Online, que conta com corretoras internacionais integradas à plataforma e agiliza todo o processo.

como desenvolver uma estratégia de investimentos?

Conclusão

Agora você já sabe que é possível investir em renda fixa no exterior mesmo estando no Brasil.

O procedimento não é tão complicado quanto algumas pessoas falam. Entretanto, existe uma certa burocracia e as regras podem ser diferentes das quais você está acostumado.

Portanto, antes de fazer aplicações, entre em contato com a corretora escolhida para tirar todas as suas dúvidas (há diversas corretoras americanas que oferecem suporte em português).

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Leia Mais

Cartão VISA com limite INACREDITÁVEL

Você já descobriu a novidade que a VISA está proporcionando aos clientes? Um novo cartão com limite inacreditável está na área! Anúncios Nossa equipe decidiu