O que é consumo e consumismo? Entenda a diferença!

Você sabe qual é a diferença entre consumo e consumismo?

Anúncios



Consumo e consumismo – será que isso é a mesma coisa?

Cartões mais recomendados

Muitas vezes, essas palavras aparecem juntas em artigos de revistas, blogs, etc.

Contudo, há uma certa diferença entre esses dois termos. Aliás, saber isso é importante para ter uma vida financeira mais saudável.

Pensando nisso, no texto de hoje, vamos explicar a diferença entre essas duas palavras!

Para saber mais, continue a leitura.

o que é consumo e consumismo? entenda a diferença

O que é consumo?

Consumo é o ato de adquirir bens ou serviços através da compra.

Anúncios


Ou seja, ele é caracterizado pela aquisição de suprimentos, que irão saciar as necessidades básicas de um indivíduo.

É uma das etapas da atividade econômica, que aparece depois da produção e distribuição do item.

A vida dos seres humanos possui uma relação entre produção e consumo.

Sendo assim, podemos dizer que o ato de consumir, é uma característica comum a todos, isto é, algo que une os indivíduos.

Afinal, as pessoas possuem necessidades que podem ser saciadas através da compra de um produto.

Quanto aos padrões de consumo, eles variam de acordo com a época, local e cultura.

Anúncios


Isso significa que diferentes povos em épocas diferentes possuem determinadas necessidades.


O que é consumismo?

O consumismo está relacionado ao consumo.

Entretanto, consumismo é o ato que está relacionado ao consumo excessivo, ou seja, a compra de bens e serviços de modo exagerado e frequente.

É uma característica de sociedades capitalistas e da expansão da globalização.

Sendo assim, o consumismo está relacionado ao acúmulo de bens que vão muito além das necessidades.

Comprar objetos de pouca utilidade é um bom exemplo de consumismo.

Esse termo está relacionado a um padrão de comportamento social, que entende a aquisição de bens como um ato que irá trazer prazer momentâneo e diferenciação social.

o consumismo é definido como um impulso direcionado à aquisição de produtos

Quais são os tipos de consumo?

• Compras de rotina: produtos comprados de forma frequente e que os consumidores não levam muito tempo para tomar uma decisão.

• Compras com valor limitado: aquisições realizadas com menos frequência. Como aqui estamos falando de bens mais caros, decisões ruins podem trazer prejuízos altos.

• Compras de alto valor: mercadorias de alto valor agregado, como casas e carros. As informações são avaliadas de forma racional, mas fatores psicológicos podem influenciar a decisão.

• Compras impulsivas: compras não planejadas, seja de itens mais caros ou baratos.


Qual a diferença entre consumo e consumismo?

Obviamente, não há como viver sem consumir na sociedade atual.

Sendo assim, o consumo é algo padrão do cotidiano, já que supre as necessidades básicas e alguns insumos são essenciais para o cotidiano.

Porém, há diferenças entre a compra planejada e a compra impulsiva.

Trazendo isso para o dia a dia, o consumo envolve alimentação, higiene, internet, serviços…nós estamos cercados por ele o tempo todo.

Diferentemente do consumo comum, o consumismo não é utilizado apenas para garantir conforto, qualidade de vida e suprir necessidades básicas.


Como o consumismo impacta a sociedade?

Todos os dias, nós somos bombardeados com propagandas sobre lançamentos, promoções, produtos que as celebridades estão usando e muito mais.

Isso faz com que as pessoas tenham mais desejo de consumir, mesmo que naquele momento, tal compra não faça sentido para elas ou até mesmo, traga dívidas.

Embora o consumo seja algo essencial e necessário, as compras em excesso trazem ansiedade, preocupação e arrependimento, que muitas vezes surgem logo após o ato da compra.

Um dos principais fatores relacionados ao consumismo está na busca da felicidade através de bens materiais, o que gera frustrações e exige novas aquisições com frequência.


Como diferenciar consumo e consumismo no dia?

Agora você já sabe que embora os dois termos estejam relacionados, há diferenças entre o consumo e o consumismo.

As compras impulsivas, principalmente quando feitas de forma frequente, afetam diretamente o seu orçamento e podem se transformar em dívidas.

Isso significa que além de uma compra desnecessária trazer preocupação e arrependimento, ela também pode impactar a sua saúde financeira.

Por isso, antes de fazer uma compra, faça as seguintes perguntas para você mesmo:

• Eu realmente preciso deste produto?

• Eu preciso comprar esse produto agora ou posso esperar?

• Qual a minha situação financeira nesse momento?

• Se eu não comprar agora, o que farei com o dinheiro?

• Eu estava planejando fazer essa compra?

São perguntas simples, mas que com certeza, vão te ajudar a diminuir as compras compulsivas, fazendo com que você otimize o uso do seu dinheiro.

Obviamente, a ideia não é abrir mão desses prazeres, mas sim, praticar o consumo consciente e evitar que gastos supérfluos se transformem em problemas financeiros.


Quais são as principais consequências do consumismo?

O consumismo exagerado pode trazer vários problemas para um indivíduo, como por exemplo:


Dívidas

As compras compulsivas são uma das principais razões pelas quais os brasileiros possuem dívidas.

Aliás, até mesmo as compras pequenas, quando acumuladas, se transformam em uma bola de neve.

Por esse motivo, o ideal é que você separe um “teto de gastos” para fazer essas compras. Dessa forma, você não irá comprometer o seu orçamento.


Perda de significado das coisas

O ato de comprar apenas por compra faz com que você direcione a sua alegria e bem-estar aos bens de consumo.

Ou seja, em uma sociedade consumista, as pessoas passam a ser medidas de acordo com os bens que possuem. Já os momentos simples, mas que realmente podem trazer felicidade e satisfação pessoal, deixam de ser apreciados.

Quando as expectativas são depositadas em bens materiais, corre-se o risco de perder o verdadeiro significado das coisas.


Degradação do meio ambiente

Há uma relação forte entre o consumismo e o meio ambiente.

A cada ano consumimos mais produtos, e o descarte incorreto deles traz problemas para o meio ambiente.

Além disso, o consumo desenfreado, faz com que as empresas produzam cada vez mais, degradando a natureza através da emissão de resíduos.

como evitar gastos supepérfulos?

Conclusão

Há uma certa diferença entre consumo e consumismo, embora as duas coisas estejam relacionadas.

Para praticar o consumo consciente, é muito importante que você planeje as suas compras e avalie as suas reais necessidades.

Assim, terá um orçamento mais equilibrado e poderá focar nos seus objetivos futuros.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Leia Mais

Cartão VISA com limite INACREDITÁVEL

Você já descobriu a novidade que a VISA está proporcionando aos clientes? Um novo cartão com limite inacreditável está na área! Anúncios Nossa equipe decidiu