Dinheiro esquecido no banco: como consultar o seu saldo

Banco Central libera consulta a dinheiro esquecido no banco

Anúncios


Será que você tem dinheiro esquecido no banco?

Do total de consultas feitas na nova plataforma do Banco Central (BC), Sistema de Valores a Receber (SVR), milhões de cidadãos e empresas têm dinheiro para receber.

Talvez você seja uma das pessoas que tem dinheiro para resgatar e nem sabe disso! Quer entender mais sobre o assunto? Então continue a leitura.

dinheiro esquecido no banco

O que é o Sistema Valores a Receber?

O “Valores a receber” é o novo site do Banco Central criado para que você consulte se tem dinheiro esquecido no banco, consórcios ou outras instituições financeiras.

O site está disponível desde o dia 14/02. Caso haja algum valor para receber, a transferência poderá ser feita a partir do dia 07/03.

A estimativa é que haja em torno de R$ 4 bilhões a serem desenvolvidos para 28 milhões de pessoas e empresas só na primeira fase. Já na segunda, o total chega a R$ 8 bilhões.

Anúncios

O site “Valores a receber” havia sido anunciado em janeiro de 2022. Porém, em pouco tempo, o sistema ficou sobrecarregado e saiu do ar.

Por esse motivo, o Banco Central teve que suspender as operações até o acesso ser restabelecido novamente.


O passo a passo para saber se você tem dinheiro esquecido no banco

O primeiro passo é entrar no site “Valores a Receber”.

Em caso de consulta de pessoa física, é preciso inserir o seu CPF e a data de nascimento.

Caso seja pessoa jurídica, você terá que informar o CNPJ e a data de abertura da empresa.

Se você tiver qualquer valor para resgatar, guarde bem a data que o sistema informar. Pois, é exatamente nesse dia que você saberá o valor exato que tem para receber e solicitar a transferência.


Verifique se há valores para receber

É importante mencionar que se você tiver qualquer valor para receber,  as informações não serão exibidas de forma imediata.

Na verdade, o sistema Valores a Receber  (SVR) vai definir uma data para que você possa ter acesso ao valor exato a receber.

Quando receber o agendamento, fique de olho no período indicado (4h às 14h ou das 14h às 24h).

Fonte: Valores a receber

É necessário criar uma Conta.Gov?

Sim, para saber os valores e formas de solicitar a transferência, é necessário criar uma conta com selo de confiabilidade nível prata ou ouro.

É um procedimento relativamente simples e fácil, portanto, você não vai demorar muito para criar a sua conta!

Mas afinal, como fazer o cadastro?

O primeiro passo é entrar no site Gov.br.

Crie a sua conta, que está no nível bronze, prata ou ouro. Você vai precisar obter o selo de confiabilidade prata ou ouro através das validações disponíveis.


Quais são os tipos de conta?

Cada uma das categorias (bronze, prata ou ouro) apresentam determinadas diferenças, como por exemplo, o grau de segurança no processo de validação de dados.

• Bronze: ao se cadastrar no site Gov.Br, você já garante o acesso a essa modalidade.

• Prata: além dos recursos oferecidos pela conta bronze, você vai ter acesso a outros, como por exemplo, a possibilidade de validar seus dados via internet banking de um banco credenciado.

• Ouro: a versão ouro, além de contar com todos os benefícios das modalidades anteriores, possui o nível máximo de segurança.

citação

Verifique o valor disponível para receber

No dia estabelecido pelo sistema, você deverá voltar ao site “Valores para receber”.

Como você já sabe, para poder acessar o sistema, será necessário ter uma conta prata ou ouro.

Depois de fazer o login, você será informado sobre o valor disponível e a forma de solicitar a transferência.


Como receber os valores disponíveis?

Você tem dinheiro esquecido no banco? Então está na hora de resgatá-lo!

Se a instituição financeira em questão oferecer a devolução do valor pela modalidade Pix, a solicitação será feita através do próprio site “Valores a Receber”.

Sendo assim, se essa opção for válida para você, nós recomendamos utilizá-la, já que a transferência por pix é a opção mais prática.

O prazo para receber o dinheiro é de até 12 dias úteis.

Se a instituição financeira ainda não trabalha com a modalidade pix, você vai receber os dados para contato da instituição (telefone e e-mail). Desse modo, poderá contatar a empresa e combinar a devolução do dinheiro esquecido no banco.

É importante lembrar que a instituição financeira que você escolheu vai entrar em contato para fazer a transferência, apenas depois de você acessar o sistema e somente no caso de solicitar sem informar uma chave Pix.


Como funciona a repescagem?

Se você não retornar ao site na data e período informado, será preciso voltar no sábado de repescagem.

A repescagem vai funcionar durante todo o dia, das 4h às 24h, de acordo com o Banco Central.


O que acontece se perder a data?

Se você perder a data por qualquer motivo, não se preocupe, pois você poderá retornar ao site e receber uma nova data de agendamento.

As instituições financeiras vão manter os recursos pelo tempo necessário, esperando a pessoa solicitar a transferência.


Passo a passo resumido do Valores a receber

• Entre no site do Sistema do Valores a Receber

• Faça o login

• Se você tiver qualquer valor para receber, uma data será designada

• Nessa data, acesse novamente o sistema com o login do Gov.Br (prata ou ouro)

• Verifique o valor que você tem para receber

• Verifique a forma de solicitar a transferência


Cuidado com golpes

Infelizmente, novos golpes referentes ao SVR já estão ocorrendo.

Alguns criminosos virtuais estão tentando roubar dados das vítimas através de sites falsos e do próprio WhatsApp.

O Banco Central NÃO envia links e nem entra em contato com os cidadãos para falar sobre os valores a receber.

A única forma de ter acesso ao sistema e saber se você tem dinheiro esquecido no banco, é através do próprio site “Valores a Receber”.

principais dúvidas sobre o banco central

Conclusão

Muitos brasileiros têm dinheiro esquecido no banco.

Para resgatar esse valor, você deve ter uma conta selo prata ou ouro no site Gov.Br e acessar o sistema “Valores a Receber”.

Para aumentar a sua segurança e evitar cair em golpes, jamais clique em links suspeitos ou compartilhe informações sigilosas!