Como investir em renda fixa? 5 passos para começar

Saiba agora 5 passos essenciais sobre como investir em renda fixa e comece a sua aplicação financeira desde já!

Anúncios



Quando se fala em segurança financeira, muitas pessoas pensam automaticamente em investir na renda fixa.

Cartões mais recomendados

Afinal, essa modalidade de investimento costuma ser uma ótima opção, pois, além da rentabilidade financeira, as aplicações geralmente são de baixo risco.

De maneira geral, investir em renda fixa é algo recomendado para investidores com perfil mais conservador, moderado ou então, que querem diversificar a carteira de investimentos.

E se você não sabe como começar, continue a leitura!


O que é renda fixa?

A renda fixa é um investimento em que a taxa de rentabilidade é prefixada, ou seja, previsível desde o momento da aplicação.

Por esse motivo, é uma modalidade de investimento muito procurada por quem está começando.

Anúncios


Com essa previsibilidade, é muito mais fácil se organizar financeiramente. Por exemplo, vamos supor que o seu objetivo seja realizar uma viagem em dois anos. Sabendo o quanto o seu dinheiro vai investir, fica mais fácil se planejar e alcançar essa meta.

Para os investidores que levam ainda mais a sério o planejamento, é possível criar uma série de investimentos com objetivos diferentes, seja comprar um carro ou guardar dinheiro para a aposentadoria.

Há vários tipos de títulos para quem quer investir em renda fixa. Contudo, há três modalidades básicas de acordo com o seu rendimento.

• Títulos prefixados: são aqueles em que a rentabilidade é conhecida, como por exemplo, 8% ao ano. Ou seja, independentemente da situação econômica do país, o rendimento será esse.

• Títulos pós-fixados: o rendimento está atrelado a algum indicador, como por exemplo, a taxa Selic ou o CDI. Nesse caso, o rendimento não pode ser medido com tanta precisão. Contudo, ainda assim, é possível ter uma previsibilidade.

• Títulos híbridos: combinam as características dos títulos prefixados com os pós-fixados. O título híbrido oferece proteção contra a inflação.

como investir em renda fixa 5 passos para comecar

Passo a passo para investir em renda fixa

Anúncios


Se você se considera um investidor mais conservador, ou então quer diversificar a sua carteira de ativos financeiros, vale a pena investir em renda fixa.

Veja como começar:


1. Defina seus objetivos financeiros

Todo investidor de sucesso traça objetivos financeiros.

Ou seja, se você quer ter mais motivação, disciplina e consistência na hora de investir, é essencial pensar nos seus objetivos financeiros.

O que você pretende fazer? Juntar dinheiro para a faculdade dos seus filhos? Comprar uma casa à vista? Viajar para o exterior?

Você pode traçar mais de um objetivo financeiro. Contudo, é importante estabelecer prioridades, para definir o que você quer alcançar primeiro.


2. Faça um planejamento financeiro

O planejamento financeiro está relacionado aos seus objetivos financeiros. Mas aqui, o conceito vai um pouco além.

No seu planejamento, é importante saber exatamente o quanto você ganha por mês, o quanto gasta com despesas essenciais (aluguel, alimentação, etc) e o quanto pode separar para investir.

Especialistas recomendam que você separe em torno de 20% ou 30% dos seus ganhos para investir.

Contudo, o valor destinado a esse objetivo, pode variar dependendo da sua atual situação financeira.

Se você só puder investir apenas 5% mês, ótimo, desde que claro, se comprometa a separar esse valor todos os meses.


3. Escolha uma corretora de valores autorizada

Abra uma conta em uma corretora de valores, transfira o seu dinheiro e aproveite a diversidade de opções que uma boa corretora irá disponibilizar para você.

Também existe a opção de investir em renda fixa através de bancos. Contudo, as corretoras costumam oferecer uma diversidade maior de produtos financeiros.

Independentemente do fato de você escolher uma corretora ou um banco, é muito simples e acessível começar a investir em renda fixa.


4. Escolha um investimento

Essa é praticamente a parte mais importante.

Há vários investimentos em renda fixa. Dentre eles, podemos citar:

• Tesouro Direto

• Fundos DI

• CDB (Certificado de Depósito Bancário)

• LCI (Letra de Crédito Imobiliário) e LCA (Letra de Crédito de Agronegócio)

• LC (Letras de câmbio)

Todos esses produtos financeiros são considerados investimentos de renda fixa.

A melhor opção, é aquela que oferece a maior rentabilidade, possui liquidez e te ajude na concretização de objetivos de longo prazo.

Contudo, não há uma resposta exata. Pode ser que o Tesouro Direto seja a melhor opção para você, ou então, você encontrou um CDB mais adequado com os seus objetivos financeiros.

Se puder, escolha mais de uma modalidade de investimentos! Afinal, quanto mais você diversificar a sua carteira de ativos, melhor.

Quase todas as plataformas de investimentos disponibilizam simuladores de renda fixa para você simular o seu ganho com as aplicações.


5. Diversifique a sua carteira

Como acabamos de falar, é muito importante diversificar a sua carteira de ativos.

Aliás, mesmo que você tenha um perfil mais arrojado (disposto a correr riscos maiores em troca de alta rentabilidade), vale a pena considerar a renda fixa, por causa da liquidez e segurança dessa modalidade de investimento.

Além disso, há opções de investimentos em renda fixa que possuem rentabilidades significativas.

citação

Quais as principais vantagens de investir em renda fixa?

Você já sabe como começar a investir em renda fixa. Mas agora, está na hora de saber quais as principais vantagens que essa modalidade de investimento oferece:

• Previsibilidade: Um bom investidor tem objetivos definidos para curto, médio e longo prazo. Mas como os produtos financeiros de rentabilidade fixada são mais vantajosos a longo prazo, eles são excelentes opções de investimentos rentáveis e previsíveis que se encaixam com os objetivos futuros.

• Segurança: sem dúvida alguma, segurança é uma das principais características dos investimentos de renda fixa. Alguns deles são tão seguros ou até mais do que a poupança tradicional.

• Liquidez: a liquidez se refere ao potencial que um ativo ou investimento tem de ser convertido em dinheiro. Por causa do grande volume de operações, há investimento em renda fixa com alta liquidez.

Também há investimentos em renda fixa que possuem isenção de imposto de renda, como as LCIs e LCAs.

como investir em renda fixa

Conclusão

Investir em renda fixa é algo que todo investidor deve considerar, seja ele iniciante ou experiente, arrojado ou conservador.

Afinal, é uma modalidade de investimento mais segura do que a renda variável e permite a diversificação da sua carteira.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Leia Mais

Cartão VISA com limite INACREDITÁVEL

Você já descobriu a novidade que a VISA está proporcionando aos clientes? Um novo cartão com limite inacreditável está na área! Anúncios Nossa equipe decidiu