Como funciona a renda fixa híbrida e quais as vantagens?

Saiba tudo sobre a renda fixa híbrida e descubra se esse tipo de investimento vale a pena

Anúncios



Você já ouviu falar em renda fixa híbrida? Se você é um investidor conservador, isto é, prioriza a segurança na hora de investir, com certeza conhece esse tipo de aplicação.

Cartões mais recomendados

Os títulos híbridos de renda fixa são boas opções para quem quer fugir da baixa rentabilidade da poupança e fazer aplicações de forma segura.

Pensando nisso, no artigo de hoje, vamos falar melhor sobre essa opção de investimento e mostrar as principais vantagens.

como funciona a renda fixa híbrida e quais as vantagens?

O que é renda fixa?

Para você entender melhor sobre o assunto, antes de qualquer coisa, é importante saber exatamente o que é renda fixa.

Basicamente, a renda fixa é uma categoria de investimento que oferece uma rentabilidade previsível.

Ou seja, na hora de realizar a aplicação, você já fica sabendo qual é a taxa de rendimento e o prazo.

Anúncios


Devido a sua previsibilidade e segurança, a renda fixa é recomendada para os investidores mais conservadores e iniciantes, já que os riscos são baixos.


Qual é a rentabilidade da renda fixa?

A rentabilidade varia de acordo com o investimento realizado.

Afinal, a renda fixa oferece vários tipos de aplicações diferentes, mas com características similares.

Contudo, apesar do nome, a rentabilidade nem sempre é fixa, o que acaba confundindo os investidores com menos experiência.

É que alguns títulos possuem uma rentabilidade que varia de acordo com o índice que o título está atrelado.

Saiba como os títulos são classificados:


Título prefixado

Anúncios


Os títulos prefixados são aplicações de renda fixa que possuem uma taxa de rentabilidade fixa, por exemplo, 9% ao ano.

Isso significa que ao investir em um título prefixado, já no momento da contratação, você saberá exatamente o quanto vai receber na data de vencimento.

Ou seja, independentemente do que acontecer no mercado, como mudança na taxa básica de juros, o rendimento se manterá até o final da aplicação.


Títulos pós-fixados

Os títulos pós-fixados acompanham um indicador, fazendo com que a remuneração do investimento fique atrelada a ele.

Esse indexador econômico pode ser a Selic ou o CDI, por exemplo.

Isso significa que o investidor não saberá exatamente o quanto vai receber na data de vencimento, já que o retorno pode ser mais alto ou mais baixo do que o esperado.

Os títulos pós-fixados são recomendados para quem quer construir uma reserva de emergência.


Títulos híbridos

Os investimentos de renda fixa híbrida são compostos por uma parte fixa e outra variável.

Portanto, a rentabilidade só será conhecida no vencimento do título.

É bem comum ver esse tipo de título pagar uma taxa fixa + IPCA, como por exemplo, 5,0% + IPCA.

Essas aplicações são conhecidas pelo fato de oferecerem ganhos reais ao investidor, já que a inflação pode diminuir o seu poder de compra, principalmente no longo prazo.

Ou seja, é uma boa opção para quem quer obter retornos acima da inflação.

citação

Quando vale a pena investir em renda fixa híbrida?

Os títulos híbridos, embora não ofereçam tanta previsibilidade quanto os prefixados, são opções seguras de investimento.

Veja quais são as principais vantagens da renda fixa híbrida, para que assim, você possa analisar se essa modalidade de investimento faz sentido para o seu perfil e objetivos financeiros:


Ganho acima da inflação

Como falamos, os títulos híbridos protegem o seu capital no longo prazo e geram um bom retorno financeiro.

Por isso, é uma opção muito recomendada para quem está pensando no futuro.


Rentabilidade maior do que a poupança

Essa vantagem não é exclusiva dos títulos híbridos.

Afinal, os investimentos de renda fixa, de forma geral, oferecem uma rentabilidade maior do que a poupança.

A poupança vem perdendo constantemente para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que é o índice de inflação mais importante do país.

Ou seja, ao manter o seu dinheiro na poupança, você está na verdade perdendo o seu poder de compra.


Diversificação de investimentos

Você pode investir em um título de renda fixa híbrido para diversificar os seus investimentos e, assim, aumentar os seus ganhos.


Quais são os principais títulos híbridos?

Agora que você já sabe como esse tipo de investimento funciona, está na hora de conhecer as principais opções do mercado.

Confira!


Tesouro IPCA

O Tesouro IPCA é um título público emitido pelo Governo.

Ao investir em um título IPCA, você está emprestando o seu dinheiro para o governo, em troca de uma taxa de juros, que é híbrida.

Devido ao aumento da inflação nos últimos meses, a procura por títulos do Tesouro IPCA aumentou consideravelmente.

Parte de sua remuneração é pós-fixada, já que acompanha o IPCA, enquanto a outra parte é prefixada.

Há várias opções de títulos do Tesouro IPCA no site do Tesouro Nacional. Cada uma delas possui um prazo de vencimento definido.

Com pouco mais de R$ 30, você já pode investir em títulos públicos.


CDB

A sigla CDB vem de Certificado de Depósito Bancário.

É um título de renda fixa emitido por bancos para captar recursos e financiar suas atividades.

Há três tipos de CDBs: prefixado, pós-fixado ou híbrido.

O CDB híbrido é uma mistura do prefixado com o pós-fixado. Nesse caso, o mais comum é ver um índice de inflação, utilizado para proteger o patrimônio investido do aumento de preços.

A desvantagem é que essa é a classe menos ofertada no mercado. Ou seja, é mais fácil encontrar CDBs prefixados ou pós-fixados.


LCI e LCA

A LCI (Letra de Crédito Imobiliário) e a LCA (Letra de Crédito do Agronegócio) são dois tipos de investimento em renda fixa isentos de Imposto de Renda.

As letras de crédito híbridas oferecem uma taxa de juros fixa mais o IPCA. Sendo assim, podem ser boas opções de investimento para o longo prazo.

Afinal, precisamos lembrar que um investimento que não acompanha a taxa de inflação, não oferece retornos reais.

Conclusão

A renda fixa híbrida é um tipo de investimento que oferece determinadas vantagens e desvantagens.

Para escolher a melhor opção para a sua carteira, leve em conta o seu perfil de investidor, objetivos financeiros, rentabilidade do título, prazo de vencimento e, claro, a sua realidade financeira atual!

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Leia Mais

Cartão VISA com limite INACREDITÁVEL

Você já descobriu a novidade que a VISA está proporcionando aos clientes? Um novo cartão com limite inacreditável está na área! Anúncios Nossa equipe decidiu