Quando o dinheiro some da conta o que fazer?

Saiba o que fazer quando o dinheiro some da conta!

Anúncios


Afinal, o que fazer quando o dinheiro some da conta? Muitas pessoas já passaram por esse problema que não deveria acontecer de forma alguma.

Não é nada fácil olhar para a sua conta bancária e perceber que sumiu uma parte do dinheiro.

Quando isso acontece, a primeira coisa que as pessoas fazem é entrar em desespero, o que acaba não ajudando, já que nessas horas, você pode tomar uma decisão equivocada.

Por esse motivo, é importante manter a calma, para que assim, você encontre a solução e resolva o problema o mais rápido possível.

Para te ajudar com essa questão, vamos te mostrar o que fazer nessas horas e como se planejar para recuperar o seu dinheiro.

Continue a leitura para saber mais.

Anúncios

quando o dinheiro some da conta o que fazer

O banco é responsável pelo dinheiro que você tem em conta?

Essa regra é básica: o banco é responsável por armazenar em segurança os valores que você deposita na sua conta poupança ou corrente.

O problema é que muitas vezes, recuperar o dinheiro se torna um processo burocrático.

Mas estamos falando de um direito seu! Portanto, você deve sim entrar em contato com o banco (seja de forma presencial ou virtual) e explicar o ocorrido.

Aliás, o próprio Ministério Público tem uma liminar que obriga a Caixa Econômica Federal a devolver qualquer valor sacado ou retirado de forma indevida da conta do consumidor em até 5 dias úteis.

Essa liminar se refere a um processo movido contra a CEF, mas todos os outros bancos brasileiros devem fazer o mesmo.

A liminar, sem dúvida alguma, traz mais tranquilidade para a vida dos brasileiros. É que geralmente, os bancos levam em torno de um mês para reconhecer o erro e devolver o dinheiro para a conta do cliente.

A instituição financeira em questão irá resolver o problema de saque indevido. Caso contrário, você pode acionar o Procon para que assim, possa receber o dinheiro novamente.

É importante mencionar que você precisa ter provas de que não sacou o dinheiro e não autorizou qualquer tipo de débito.


O que fazer quando o dinheiro some da conta?

O banco precisa comprovar todas as transações feitas.

Entretanto, é o cliente que deve notar se o dinheiro desapareceu. Por esse motivo, é necessário que você acompanhe com frequência o seu extrato.

Caso tenha algum problema com a instituição financeira em questão, ligue para o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) e registre a reclamação.

Desse modo, todos os agentes do banco poderão acompanhar o processo.

Você receberá um número de protocolo e o SAC, como você já sabe, tem um prazo de 5 dias para solucionar o problema.

Para comprovar que você tentou reaver o dinheiro, anote o número do protocolo, o nome do atendente e a hora exata da ligação.

citação

O banco não resolveu o problema depois de 5 dias – O que fazer?

O SAC ou a ouvidoria do banco não resolveram o seu problema?

Calma! O caso ainda tem solução.

Agora, você pode tentar solucionar o problema de duas três diferentes:

A primeira forma é fazer uma denúncia no Procon ou diretamente no Consumidor.gov.

No site Consumidor.Gov, o cliente se manifesta e a empresa responde. Depois, você irá avaliar o atendimento.

No Procon ou no Consumidor.Gov, o consumidor pode até mesmo receber duas vezes o valor que a instituição deve.

A segunda forma é através do site Reclame Aqui. Certamente, você tem amigos e conhecidos que conseguiram solucionar problemas através desse site, não é mesmo?

Por isso, vale a pena tentar utilizar esse site para explicar a situação e esperar uma resposta da empresa.

Por último, você pode procurar uma vara cível para entrar na justiça.


Acompanhe o seu extrato com frequência

É muito importante que você acompanhe o extrato da sua conta com frequência.

Existem dois motivos para isso.

O primeiro deles é a organização financeira. Afinal, para gerenciar os seus ganhos e gastos, é essencial que você controle o seu extrato e analise todas as suas despesas mensais.

Por isso, se você quer ter mais controle da sua vida financeira, acompanhe o seu extrato e não deixe de anotar tudo o que você ganha e gasta dentro de um determinado período.

Já o segundo motivo, é a sua própria segurança.

Ao analisar o seu extrato de forma frequente, você consegue perceber se algum dinheiro sumiu da sua conta de forma indevida.

Desse modo, você fica sabendo rapidamente do ocorrido e poderá entrar em contato com o banco para resolver a questão.


Golpe de roubos de dados cresceu 165%

Como você já sabe, os golpes de roubos de dados bancários cresceram muito durante a pandemia.

Por isso, é importante que você tome todo cuidado possível.

Em outubro de 2021, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) divulgou um levantamento que mostra que os ataques virtuais contra clientes de bancos aumentaram em 165% no primeiro semestre de 2021, quando comparados ao segundo semestre de 2021.

O pior de tudo nessa história, é que muitas vezes, as informações confidenciais são fornecidas pelos próprios clientes.

Se você receber qualquer mensagem ou ligação suspeita, ignore imediatamente.

O banco jamais vai ligar para você solicitando a sua senha do banco ou número do cartão de crédito. Ninguém, além de você, precisa ter acesso a esses dados.

A Falsa Central de Atendimento é um dos golpes mais comuns. Nesse caso, o criminoso entra em contato com a vítima, informa sobre a suposta clonagem do cartão e solicita dados financeiros, como a senha do banco ou do cartão.

Caso isso aconteça com você, desligue a ligação, entre em contato com o banco e avise os seus amigos e conhecidos, para evitar que outras pessoas caiam no golpe.

como proteger sua conta bancária de fraudes

Conclusão

Estava analisando o seu extrato e percebeu que sumiu dinheiro do seu banco? Então entre em contato com o banco o mais rápido possível.

Se houve algum erro bancário ou cobrança indevida, a instituição deve devolver o seu dinheiro! Se isso não acontecer, procure os seus direitos!