Como organizar as finanças? 5 técnicas infalíveis!

Saiba como organizar as finanças e começar 2022 com mais tranquilidade!

Anúncios



A dúvida sobre como organizar as finanças é bem comum e pode causar diversos problemas em relação à vida financeira.

Cartões mais recomendados

É que a falta do controle do orçamento, em muitas situações, faz com que as pessoas fiquem endividadas e tenham dificuldade em gerenciar os próprios gastos.

Por esse motivo, é muito importante saber como organizar as finanças e, assim, melhorar a sua saúde financeira e até mesmo, a sua qualidade de vida.

Se você quer saber mais sobre o assunto, continue a leitura e veja as nossas dicas!

como organizar as finanças 5 técnicas infalíveis

Por que organizar as finanças?

A combinação entre planejamento e organização financeira permite acompanhar, com mais clareza, o movimento dos seus ganhos e gastos.

Desse modo, fica mais fácil saber para onde seu dinheiro está indo e quais são os gastos que mais comprometem o seu orçamento.

Anúncios


Antes de qualquer coisa, faça a seguinte pergunta para você mesmo: será que o meu padrão de vida corresponde a minha realidade financeira?

É muito importante entender as suas despesas para que assim, você não extrapole a sua renda e passe o mês no vermelho.

Obviamente, existem gastos que não podem ser evitados: aluguel, condomínio, luz, água, entre outros.

Entretanto, é importante entender melhor os seus gastos, para que assim, você possa eliminar despesas desnecessárias. Os pequenos custos, quando acumulados, podem se tornar uma grande bola de neve!


5 técnicas para organizar as finanças

A falta de controle sobre as finanças é um dos principais motivos pelos quais as pessoas ficam endividadas.

Por isso, alguns hábitos são importantes para você gerenciar a sua vida financeira. Veja os principais!


1. Registre todos os seus ganhos e gastos

Anúncios


Quando o assunto é gestão financeira pessoal, é impossível não falar sobre a importância de registrar as suas receitas e despesas.

Pode até parecer algo óbvio. Mas a verdade é que muitas pessoas não sabem o quanto gastam todos os meses com despesas essenciais e não essenciais.

É muito importante que você anote todos os seus ganhos e gastos. Isso inclui a fatura do cartão de crédito.

Desse modo, você tem uma visão mais aprofundada do quanto está gastando e para onde o seu dinheiro está indo.

Você pode anotar os seus custos e ganhos em um aplicativo de finanças, no Excel ou até mesmo, em um caderno.


2. Defina seus objetivos financeiros e estabeleça prioridades

Inteligência financeira não significa guardar todo o dinheiro que você ganha e abrir mão dos momentos de lazer.

Saber gerenciar o seu dinheiro de forma inteligente, significa estabelecer prioridades e objetivos, para que assim, você possa pagar as suas contas e realizar os seus objetivos financeiros sem ficar devendo nada para ninguém.

Ou seja, a intenção aqui, é saber como utilizar o seu dinheiro.

Qual é o seu verdadeiro objetivo? Defina exatamente quais são as suas metas e como você pode se organizar financeiramente para realizá-las.

O planejamento é um grande aliado das suas finanças.

Tão importante quanto definir um objetivo, é pensar no tempo que você vai levar para realizá-lo.

Obviamente, não precisa ser um prazo exato. Entretanto, estabelecer um período para alcançar um objetivo é fundamental para que você tenha mais disciplina, organização e motivação.


3. Controle os seus gastos

É aqui que muitas pessoas erram.

Obviamente, uma das formas de realizar seus objetivos e acelerar o crescimento financeiro, é através do aumento da renda.

Entretanto, muitas pessoas, ao começarem a ganhar mais, acabam gastando mais também. Por esse motivo, continuam com problemas financeiros.

Esses são alguns sinais de que você está vivendo acima do seu padrão de vida:

• Dívidas em excesso

• Dificuldade para economizar

• Você já comprou várias coisas que nunca foram usadas

• Frequente uso do limite do banco

• Empréstimo para bens de consumo

Para gastar menos do que ganha, você deve acompanhar com frequência a fatura do seu cartão de crédito, identificando exatamente o quanto entra e sai da sua conta todos os meses.

A partir do momento em que conhece suas despesas e receitas, fica mais fácil controlar os seus gastos!


4. Crie a sua reserva de emergência

A criação de uma reserva de emergência é algo essencial para qualquer pessoa. 

Esse fundo de reserva faz com que você tenha mais tranquilidade na hora que acontecer um imprevisto financeiro.

Existem vários imprevistos que podem surgir, como por exemplo, o celular estragar, o carro quebrar, entre outros.

Se você não tiver uma reserva de emergência nessas horas, pode ter que recorrer a empréstimos bancários com juros altos.

Por isso, não espere para começar! A criação da sua reserva de emergência deve ser uma prioridade.

Para fugir dos baixos rendimentos da poupança, recomendamos que você coloque a sua reserva de emergência em um banco digital, como o Nubank, por exemplo, ou no Tesouro Selic, que também tem alta liquidez.


5. Comece a investir

Economizar é o primeiro passo para organizar a sua vida financeira.

Mas só guardar dinheiro não basta. Afinal, você não quer perder o seu poder de compra no médio e longo prazo, não é mesmo?

Um dos cuidados na hora de aplicar o seu dinheiro é ver se ele está ganhando da inflação.

Mas em relação ao melhor investimento, não há uma resposta exata. Afinal, tudo depende da sua realidade financeira, perfil de investidor e objetivos para o futuro.

O primeiro passo aqui, é fazer uma análise desses fatores para que assim, você descubra qual o melhor investimento para o seu caso.

Os investimentos em renda fixa são mais seguros. Por outro lado, os rendimentos costumam ser menores. Eles são recomendados para investidores mais conservadores e moderados.

Já os investimentos em renda variável são os de maior risco, no qual a rentabilidade varia conforme o mercado.

Contudo, os ganhos podem ser maiores do que na renda fixa.

6 livros sobre finanças para ler em 2022

Conclusão

Agora você já sabe a importância do planejamento e quais as principais técnicas para organizar a vida financeira.

O próximo passo é colocar as nossas dicas em prática, para que assim, você comece 2022 com muito mais organização e tranquilidade!

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Leia Mais

Cartão VISA com limite INACREDITÁVEL

Você já descobriu a novidade que a VISA está proporcionando aos clientes? Um novo cartão com limite inacreditável está na área! Anúncios Nossa equipe decidiu