O Planejamento Financeiro Para Autônomos em 7 Dicas Valiosas

Com um planejamento financeiro para autônomos eficiente você pode conquistar seus objetivos e ter uma vida financeira equilibrada!

Anúncios


Segundo dados do IBGE, o número de trabalhadores autônomos bateu um novo recorde no primeiro trimestre deste ano, ultrapassando a marca de 25 milhões. 

Cartões mais recomendados

Entre os muitos desafios que esses profissionais enfrentam, certamente, a maioria está ligada à área financeira. 

Quanto desses negócios já foram fechados até o momento por falta de recursos para investir no seu crescimento e desenvolvimento?

Quanto desses profissionais não souberam ou não tiveram como separar as finanças pessoais das contas do negócio e assim, acabaram tendo que buscar outras alternativas para se manter?

Para que a jornada do profissional seja mais leve e com maiores possibilidades de sucesso, um planejamento financeiro transparente e disciplinado pode fazer toda a diferença. 

No texto de hoje você descobrirá o que é um planejamento financeiro e ainda encontrará algumas dicas que te ajudarão a criar o seu. 

Anúncios


Não deixe a oportunidade de trazer sucesso financeiro para seus negócios e continue a leitura até o fim!

O que é planejamento financeiro?

o que é planejamento financeiro?
Planejamento financeiro para autônomos

O planejamento financeiro é uma ferramenta de gestão das finanças. Ele tem como base o processo de organização financeira a partir do reconhecimento da situação financeira atual.  

Além disso, engloba objetivos e os estudos de possíveis rotas a serem traçadas visando alcançar esses objetivos. 

Essa ferramenta pode ser usada por pessoas físicas, jurídicas e também por organizações privadas e públicas. 

Simplificando, o planejamento financeiro serve para que o indivíduo consiga acompanhar com exatidão seus gastos, lucros e ganhos, por exemplo.

A partir de um bom planejamento financeiro é possível tomar decisões, mudar comportamentos, hábitos e criar estratégias eficazes para alcançar os objetivos, sendo o principal deles: 

  • controle sobre as finanças;
  • equilíbrio financeiro;
  • saúde das finanças em dia;
  • tomada de decisões assertivas;
  • mais qualidade de vida.
Anúncios


Com essa ferramenta o autônomo conseguirá mapear seus ganhos e gastos, assim, identificar onde poupar e economizar, o que precisa de investimentos e o que pode esperar, onde mexer para alcançar metas, etc.

Fora isso, ainda aprenderá a separar as finanças pessoais das finanças do seu negócio, uma atitude que pode influenciar muito para o sucesso do empreendimento. 

Abaixo, você encontrará dicas valiosas que te ajudarão a fazer um planejamento financeiro para autônomos com facilidade, mas muito eficiente. Confira! 

Como fazer um planejamento financeiro para autônomos?

como fazer um planejamento financeiro para autônomo?

Um dos desafios que o autônomo enfrenta na hora de organizar as finanças é o fato de não ter uma renda fixa. 

No entanto, isso não deve ser motivo para manter as finanças desorganizadas: ao deus-dará.

Na verdade, não ter um salário fixo, ou seja, ter uma renda variável, deve ser o principal motivo para que o autônomo faça um planejamento financeiro. 

Não saber quanto vai receber no mês ou quanto entrará no caixa do seu negócio é um dos principais motivos para manter as finanças organizadas.

Isso porque, certamente, você e seu negócio têm despesas variáveis e fixas que precisam ser quitadas para evitar uma dívida maior, certo?

Além disso, você é o único responsável pelo pagamento de alguns direitos e deveres.

Um exemplo, no regime CLT o empregador é responsável por descontar a contribuição referente ao INSS.

Fora isso, neste regime o funcionário ainda recebe férias e décimo terceiro. O Fundo de Garantia também é outro exemplo: o empregador é responsável por descontar uma porcentagem do salário do colaborador para esse fim. 

Inclusive, esse valor tem um rendimento de 3% ao ano. 

Como podemos ver, é essencial que um autônomo tenha organização financeira: ele é o único responsável pelos seus ganhos mensais e por mantê-los e administrá-los. 

Confira a seguir dicas para colocar em prática hoje mesmo a fim de efetuar um eficiente planejamento financeiro para autônomos. 

1. Não misture as finanças pessoais com as do negócio

Pessoalmente, já vi muitos negócios afundarem pelo “simples” do responsável misturar as finanças pessoais com as do negócio. 

Além de ser um erro gravíssimo, pode comprometer as duas áreas financeiras: levar seu negócio para o buraco e comprometer sua renda pessoal.

Uma dica valiosa para ajudar a separar as finanças é ter uma conta separada. Se for MEI ou se enquadrar em outro regime pode abrir uma conta empresarial para fazer a gestão das finanças do seu negócio. 

Entre as melhores alternativas do mercado, podemos destacar, por exemplo:

  • Cora;
  • Banco Inter;
  • Asaas;
  • C6 Bank;
  • Nubank.

2. Crie uma reserva financeira

A reserva financeira é o que separa o bom planejamento financeiro de um planejamento deficiente. 

Sabemos que imprevistos acontecem em qualquer área da nossa vida, ao ter um negócio próprio eles são constantes. 

Para evitar recorrer ao caixa da empresa ou ter que contratar produtos de créditos, o ideal é ter uma reserva financeira para suprir emergências. 

O ideal é que você tenha no mínimo três vezes o valor das suas despesas fixas e variáveis guardadas, o número recomendado é de até 6 vezes.  

Para tornar essa alternativa mais inteligente, você pode aplicar o valor e resgatá-lo com rendimentos quando precisar. 

O dinheiro pode ser aplicado em um investimento de baixo risco, liquidez diária e que pode ser retirado quando você tiver uma urgência. Por exemplo: 

  • Contas digitais com rendimento;
  • CDB;
  • Fundos de Renda Fixa;
  • Tesouro Direto;
  • LCI e LCA.

Não esqueça de devolver os valores retirados da reserva financeira toda vez que usar em uma emergência e mantê-la sempre cheia. 

3. Anote e faça uma análise dos seus gastos 

Certamente, para ter um controle eficiente é necessário que os seus gastos fixos sejam sempre anotados. 

Dessa forma, é possível analisar as informações com mais prontidão e descobrir para onde está indo seu dinheiro.

Essa despesa é um investimento ou ladrão do meu dinheiro? Quais gastos são necessários e quais podem ser cortados?

A partir da análise dos seus ganhos e gastos é possível ver o que pode ser feito para que ambos fiquem equilibrados. 

Para anotar e controlar o que entra e sai você pode usar muitas ferramentas de gestão, por exemplo, bloquinho, agendas, planilhas e aplicativos.

Uma dica importante👉 conheça a técnica que os japoneses usam para controlar suas finanças e economizar.

4. Planeje suas férias e folgas

Outra dica valiosa que não pode faltar no planejamento financeiro para autônomos é se programar para tirar folgas semanais e pelo menos uma férias por ano, assim como os profissionais CLT. 

Defina uma porcentagem mensal para separar a fim de tirar umas férias. Essa etapa precisa ser bem planejada considerando que, dependendo da sua área de atuação, você não terá nenhuma entrada enquanto estiver de férias. 

Fora isso, você pode considerar também a possibilidade de contratar alguém para ajudar enquanto está descansando. 

É importante que tenha guardado uma quantia para quitar as dívidas e despesas no mês que estiver descansando e também para o mês seguinte.

Isso porque, dependendo da área, pode levar um tempinho para o negócio voltar com todo o gás. 

Aplique o dinheiro reservado durante o ano ou deixe em uma conta digital rendeira, dessa forma, resgatará o valor com rentabilidade.

5. Estabeleça metas reais para seu dinheiro

Tenha metas a curto, médio e longo prazo, entretanto, estabeleça metas reais. Certamente, é importante sonhar, mas sempre com os pés no chão. 

As metas são essenciais para nos levar a conquistar um objetivo maior: ter independência financeira, viajar mais, investir nos estudos, etc.

Fora isso, para acertar na escolha dos investimentos, você precisa ter metas e objetivos claros. 

E para alcançá-los, é necessário ter bons investimentos e bons hábitos financeiros. É como um ciclo: uma etapa complementa a outra.

6. Crie um plano de ação

A partir das anotações, análises dos gatos e estabelecimento das metas, defina uma trajetória para alcançá-las. 

Entretanto, nessa etapa será necessário economizar, poupar, cortar despesas desnecessárias, realizar investimentos que trarão lucro, até mesmo adquirir uma renda extra é válido. 

Tenha disciplina para manter suas despesas controladas e em equilíbrio com a sua receita. 

Para facilitar no seu plano de ação, faça uma lista com tudo o que você precisa colocar em prática para conquistar sucesso no seu planejamento financeiro para autônomos

7. Use o crédito com cautela

O crédito pode ser um aliado para seu negócio e te ajudar a impulsioná-lo. Contudo, se o seu uso for inconsequentemente, pode ser a sua ruína. 

Ao solicitar crédito, verifique a sua capacidade de pagamento, em primeiro lugar. Além disso, escolha por opções com as menores taxas de juros. 

Pague a fatura em dia para assim evitar o acúmulo de juros e evite o parcelamento extenso. Faça um sub-planejamento financeiro a partir do planejamento financeiro atual para saber como usar o crédito corretamente. 

Conclusão

Ao montar seu planejamento financeiro para autônomos é importante ter disciplina e controle total das suas receitas e despesas, nada pode passar despercebido, pois pode influenciar nos resultados. 

Essa ferramenta é indispensável para quem deseja ter sucesso nos negócios e ter uma vida financeira equilibrada, por isso, coloque as dicas em prática hoje mesmo!

Se sentir muita dificuldade em realizar esse processo, você pode pedir ajuda de um profissional da área, ou seja, um contador. 

Além disso, continue acompanhando as notícias do nosso blog, porque aqui você encontra muitos conteúdos que te ajudarão a equilibrar as finanças, ter renda extra, investir e muito mais!

Leia também Auxílio-doença para MEI👉 o que é, como funciona e como solicitar?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Leia Mais

Cartão VISA com limite INACREDITÁVEL

Você já descobriu a novidade que a VISA está proporcionando aos clientes? Um novo cartão com limite inacreditável está na área! Anúncios Nossa equipe decidiu