O que é inflação? Saiba como ela afeta os seus rendimentos

Saiba o que é inflação e como ela afeta a sua vida!

Anúncios



Você realmente sabe o que é a inflação e como ela impacta o seu poder de compra e os seus investimentos?

Cartões mais recomendados

Ela é utilizada para explicar o aumento no preço de produtos, aluguel, salários, entre outros.

A inflação, de fato, está presente o tempo todo em nossas vidas. Mas pouca gente sabe o poder de impacto que ela tem nas finanças pessoais.

Para conhecer um pouco mais sobre esse termo, e entender como afeta o seu dia a dia e os seus investimentos (caso você seja um investidor), continue a leitura.

Vamos explicar como tudo funciona.

o que é inflação? saiba como ela afeta os seus rendimentos

O que é inflação?

A inflação é o aumento de produtos e serviços ao longo do tempo.

Anúncios


Você já percebeu que os preços estão subindo, não é mesmo? Tudo isso é efeito da inflação.

Ela pode ser de curto prazo – aumentar em um mês – e de longo prazo – aumentar continuamente ao longo de 12 meses, por exemplo. Em cada um desses casos, a inflação ocorre por motivos diferentes.

A inflação no curto prazo é causada pelo aumento da demanda. Ou seja, se em um determinado período, muitas pessoas começam a buscar por um produto, é natural que ele fique mais caro.

Isso também acontece quando há uma grande oferta de crédito: quando o poder de compra aumenta, as pessoas tendem a gastar mais, o que obviamente, aumenta a demanda.

Já a inflação no longo prazo, é causada por outros dois motivos:

• Emissão de papel-moeda

Anúncios


• Diminuir a taxa de juros

Quando os gastos do governo são maiores do que a arrecadação, se torna necessário imprimir mais dinheiro, ou seja, emitir papel-moeda.

A emissão faz com que o volume de dinheiro seja relativamente maior do que a oferta de produtos. Por esse motivo, os preços sobem.

Mas e a diminuição da taxa de juros, o que tem a ver?

Em 2021, a taxa Selic, taxa básica de juros da economia, sofreu vários aumentos. 

O aumento da taxa Selic é uma das formas que o governo encontrou para controlar a inflação.

Quando a taxa está baixa, os investimentos na poupança e títulos públicos tendem a render menos. Além disso, os empréstimos ficam mais baratos. Isso estimula o consumo e a oferta. Porém, no longo prazo, isso pode acarretar no aumento dos preços.


Como a inflação afeta o seu bolso?

A inflação faz com que o dinheiro perca valor, já que ele não acompanha a alta de preços.

Ou seja, quanto maior a inflação, maior a perda de valor.

Além disso, ela distorce os preços, já que as pessoas começam a ter dificuldade de acompanhar o que está mais caro ou barato.

Certamente, a inflação causa impactos sociais, já que os trabalhadores brasileiros não costumam ter seu salário reajustado na mesma proporção que o aumento dos preços.

Além disso, é importante lembrar a inflação impacta o orçamento pessoal e familiar de diversas maneiras, como por exemplo:

• Gastos do dia a dia

• Pagamento de serviços prestados

• Investimentos

citação

Como controlar a inflação?

O governo, na verdade, não tem o poder de controlar a inflação.

Entretanto, há algumas decisões que podem influenciá-la.

Nós já falamos sobre a Taxa Selic, que é determinada pelo Banco Central. Ela controla a inflação, aumenta os impostos e, também eleva os preços, pois reduz a quantidade de moeda na economia brasileira.

Consequentemente, o aumento da Taxa Selic afeta a demanda por produtos.

É que quando a taxa básica de juros aumenta, o acesso ao dinheiro fica menor. Por esse motivo, as pessoas começam a consumir menos.

Já quando o Banco Central quer estimular a economia, ou seja, fazer o dinheiro circular mais, ele diminui a Selic.


Qual a relação entre a inflação e os investimentos?

Agora que você já sabe o que é inflação, está na hora de entender como ela afeta os seus investimentos. Veja só:


Taxa Selic e a poupança

A poupança é afetada pelo aumento da Taxa Selic.

Em 2021, o governo estabeleceu um cálculo que funciona da seguinte maneira: 

Se a taxa Selic for maior que 8,5% a.a, a poupança terá rendimento de 0,5% a.m + a TR.

Se  a taxa Selic estiver abaixo de 8,5% a.a, a poupança terá um rendimento equivalente a 70% da taxa Selic naquele período.

Atualmente, a taxa Selic está em 9,25%. Ou seja, a rentabilidade da poupança é de 0,5%. Isso dá o equivalente a 6,17% a.a.

Por esse motivo, deixar dinheiro na poupança não é um bom negócio. Aliás, quanto maior a taxa Selic, maior será essa desvantagem.

Isso significa que se você quer realmente obter rendimentos que superem a inflação, deve procurar por outras modalidades de investimento em renda fixa.


Taxa Selic e o CDI

A variação da taxa Selic afeta outro índice econômico: o CDI.

O CDI (Certificado de Depósito Interbancário) é o nome dos empréstimos que os bancos fazem entre si para fechar o dia com o caixa positivo.

Assim como todo empréstimo, ele cobra juros (chamada taxa DI).

A DI geralmente acompanha a Selic. Ou seja, quando a taxa básica de juros sobe, a taxa do CDI também aumenta.

Os valores das duas taxas são bem próximos. Mas geralmente, o valor do CDI é um pouco inferior.


Selic e inflação: como isso impacta a renda fixa?

Agora você já sabe qual é a relação entre a Taxa Selic e a inflação.

E os investimentos em renda fixa são afetados pela relação entre a Selic e a inflação.

É que esses investimentos têm a sua rentabilidade afetada por indexadores. Ou seja, se um índice sobe ou desce, a rentabilidade também oscila.

Com a Selic e inflação em alta, os investidores começam a se interessar mais pelos ativos de renda fixa, sejam prefixados ou pós-fixados, pois esses investimentos rendem com base na Taxa Selic e pela medida da inflação (IPCA).

6 investimentos para cenários de inflação em alta

Conclusão

Como você pode ver, a inflação não apenas faz com que o seu poder de compra diminua, mas também, pode afetar os seus rendimentos.

Se você deseja proteger o seu capital, é essencial conhecer as opções de investimentos que superam a inflação!

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Leia Mais

Cartão VISA com limite INACREDITÁVEL

Você já descobriu a novidade que a VISA está proporcionando aos clientes? Um novo cartão com limite inacreditável está na área! Anúncios Nossa equipe decidiu