Método 50-30-20: o que é e como usar no dia a dia?

O método 50-30-20 é uma das maneiras mais eficientes de organizar as finanças e guardar dinheiro

Anúncios



O método 50-30-20 é a solução para quem quer gerenciar o orçamento pessoal e não sabe como começar.

Cartões mais recomendados

Afinal, criar um planejamento financeiro nem sempre é fácil. Por esse motivo, existem algumas técnicas de organização para facilitar o processo, que é o caso desse método.

Com a aplicação dessa regra, você consegue ter uma vida financeira mais organizada e tranquila.

Quer saber o que é isso e se o método 50-30-20 se encaixa na sua rotina? Então continue a leitura para mais informações!

o que é o método 50-30-20

O que é o método 50-30-20?

A regra do 50-30-20 é um método de organização financeira pessoal.

Ou seja, é uma referência para orientar o seu orçamento.

Anúncios


Aplicar essa regra na sua rotina, significa estabelecer um limite de gastos para essas três áreas: despesas essenciais, gastos variáveis e investimentos.

Segundo o método, 50% dos seus ganhos devem ser direcionados para as contas pessoais.

Já as despesas variáveis (não essenciais), podem representar até 30% da sua renda.

Por fim, há os 20%, que devem ser reservados para guardar e investir.


Como organizar o salário com o método 50-30-20?

Agora que você já sabe como funciona essa regra para organizar o seu salário, está na hora de aprender a utilizá-la. Vamos lá?

50% para gastos essenciais

Metade da sua renda líquida deve ser reservada para as despesas de sobrevivência e de primeira necessidade.

Anúncios


Esses gastos são necessários para manter a sua rotina em ordem.

Mas afinal, o que pode ser considerado “gasto essencial?”

De forma geral, são as despesas com:

• Aluguel

• Alimentação

• Conta de luz

• Conta de internet e telefone

• Gás de cozinha

Claro que esses gastos dependem da sua realidade.

Para uma família de quatro pessoas, é natural que os gastos com luz sejam um pouco maiores.

Já uma pessoa que mora sozinha, provavelmente vai gastar menos com essa despesa essencial.


30% para gastos variáveis (supérfluos)

Um terço da renda pode ser gasto com produtos e serviços que não são considerados essenciais, mas que fazem bem para você.

Obviamente, em alguns momentos da vida, caso você esteja com o orçamento apertado ou juntando dinheiro para realizar um objetivo, pode ser que seja necessário cortar um poucos dos gastos supérfluos.

Dentre algumas despesas que se encaixam nessa parte, podemos citar viagens, cinema, restaurantes, serviços de streaming, entre outros.

Sem dúvida alguma, essa é a parcela mais pessoal de todo o método. Afinal, só você sabe o que realmente pode ser considerado lazer na sua rotina!

E é nessa categoria que muitas vezes, surgem alguns problemas, já que algumas pessoas, não conseguem controlar os gastos com as despesas não essenciais.

Obviamente, você precisa de momentos de lazer. Só cuidado para esses gastos não comprometerem toda a sua renda, pois se isso acontecer, você pode se endividar.

Para evitar dívidas, é essencial ter um padrão de vida que esteja alinhado com os seus ganhos.


20% para dívidas e investimentos

Aqui se encontram os recursos que você precisa poupar para pagar dívidas ou realizar objetivos financeiros de longo prazo.

Essa categoria pode até ser uma novidade para quem não conhecia o método 50-30-20. Afinal, grande parte dos brasileiros não têm o hábito de poupar e investir.

O percentual de 20% do seu salário deve ser destinado à quitação de dívidas, se você tiver pendências financeiras.

Se esse não é o seu caso, você pode utilizar os 20% para investimentos e para a construção da sua reserva de emergência.

Mais importante do que bater a meta, é criar o hábito de poupar e investir. Guardar uma pequena quantia é melhor do que não guardar nada.

Por isso, se atualmente você não consegue guardar 20% da sua renda, não deixe isso te impedir. Como você já sabe, o primeiro passo é começar. Com o tempo, você poderá aumentar o volume das aplicações.

citação

Como implementar o método 50-30-20?

Uma das principais vantagens desse orçamento é a sua flexibilidade.

Entretanto, é você quem decide como usá-lo.

Por exemplo, se no atual momento, a sua prioridade é o pagamento de dívidas, você pode utilizar uma parte maior do orçamento para quitar as suas pendências financeiras.

Agora, veja um passo a passo para aplicar o método 50-30-20:


1. Mapeie todos os seus gastos

Pode parecer óbvio, mas muitas pessoas não sabem exatamente o quanto gastam por mês com despesas essenciais.

O primeiro passo é revisar o seu orçamento.

Essa etapa vai te dar uma visão mais aprofundada dos seus gastos e mostrar se você realmente está conseguindo viver dentro do seu padrão de vida ou então, se está gastando mais do que pode.


2. Faça os ajustes necessários

Depois de mapear todos os seus gastos, é hora de fazer alguns ajustes no orçamento.

Aqui estão algumas dicas do que você pode fazer:

• Calcular as suas dívidas e começar a realizar negociações para diminuir o valor

• Readequar gastos não essenciais e estabelecer um valor máximo para gastar com lazer

• Estabelecer objetivos financeiros para alcançar a longo prazo


3. Automatize o controle

Para saber se você está conseguindo manter as despesas dentro de cada categoria, é importante controlar todos os seus ganhos e gastos.

Você pode fazer isso através de uma planilha no Excel, um caderno ou um aplicativo de finanças pessoais.

Depois de organizar, não adianta simplesmente esquecer do seu planejamento.

Afinal, apenas criar um plano para cuidar das suas finanças não é suficiente – é necessário colocá-lo em prática.


4. Priorize os débitos em atraso

Se você tem alguma dívida, o primeiro passo é quitá-las e negociá-las o maior rápido possível.

Caso contrário, as pendências financeiras continuarão afetando o seu orçamento.

Além disso, antes mesmo de começar a poupar e investir, o ideal é que você se organize para ficar em dia com as suas contas.

6 vantagens da organização financeira pessoal

Conclusão

Agora você já sabe o que é o método 50-30-20 e como colocá-lo em prática.

Além disso, lembre-se de que ele pode ser flexibilidade de acordo com a sua realidade, gastos e prioridades financeiras!

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Leia Mais

Cartão VISA com limite INACREDITÁVEL

Você já descobriu a novidade que a VISA está proporcionando aos clientes? Um novo cartão com limite inacreditável está na área! Anúncios Nossa equipe decidiu