Fundo global de renda fixa: o que é e como investir?

O que é o fundo global de renda fixa? Saiba tudo sobre o assunto!

Anúncios



O fundo global de renda fixa (AF Global Bonds), já está disponível na plataforma XP Investimentos.

Cartões mais recomendados

Desde o seu início, em agosto de 2021, o fundo acumula rentabilidade de 200% do CDI.

Por esse motivo, é uma ótima opção de diversificação global através dos ativos de renda fixa, já que possui em sua composição, ativos internacionais.

Para saber mais sobre o assunto e as formas de investimento, continue a leitura.

fundo global de renda fixa o que é e como investir

O que é o fundo global de renda fixa?

O AF Global Bonds, gerido pela AF Invest, é uma opção de diversificação de ativos globais através da renda fixa.

Sendo assim, é um fundo destinado para pessoas que sejam classificadas como investidores qualificados.

Anúncios


A alocação do fundo é bem diversificada, já que é composta por companhias do setor de finanças, energia elétrica, saúde, saneamento, logística, entre outros.

Para investir neste fundo, é necessário fazer uma aplicação mínima de R$ 1 mil.

A sua taxa de performance é de 20% do que exceder 100% do CDI.

Já a de administração, de 0,50% ao ano sobre o patrimônio líquido, podendo atingir o máximo de 0,75% para o mesmo período.

Fonte: Valor Investe


Quais são as principais características desse fundo?

Uma das principais vantagens do AF Global Bonds, é que ele não tem variação cambial sobre a rentabilidade.

Anúncios


Além disso, esse fundo tem o retorno de ativos que compõem a carteira.


O que são fundos internacionais?

Os fundos de rendimento internacionais possuem seus investimentos atrelados a alguma moeda estrangeira.

Os ativos que fazem parte desse fundo, são negociados fora do Brasil. Por esse motivo, a rentabilidade é lançada em moedas no exterior.

Obviamente, isso pode ser uma vantagem, considerando o atual cenário econômico do país.

Caso você invista em fundos, não vai sentir tanta dificuldade para fazer aplicações nos fundos internacionais. Afinal, o processo é parecido com aplicações em fundos de outras categorias.

Você irá investir nas cotas e irá contar com o auxílio de um gestor profissional para administrar o fundo.


O que são fundos de renda fixa?

Para você entender melhor sobre o assunto, é muito importante que você saiba exatamente o que são fundos de renda fixa.

Basicamente, um fundo de renda fixa funciona como uma carteira de investimentos segura e com baixa oscilação.

Nessa categoria, são classificadas as carteiras que tenham pelo menos 80% do patrimônio aplicado em ativos vinculados à variação da taxa de juros, de índices de preço, ou as duas coisas.

Para obterem esse tipo de exposição, os fundos aplicam a maior parte do patrimônio em ativos de renda fixa.

citação

Fundos de renda fixa internacionais

Os fundos de renda fixa internacionais são os que aplicam a maior parte do patrimônio em produtos fixos de renda fixa de outros países.

Geralmente, são fundos focados em países ricos ou emergentes.

Uma das características mais interessantes desse investimento, é que ele está atrelado ao Certificado de Depósito Interbancário (CDI) e das variações cambiais.

Além disso, como estamos falando de renda fixa, é importante mencionar que essa opção é muito vantajosa para os investidores com um perfil mais conservador, ou seja, que não querem correr riscos.


Quais são as vantagens de investir em fundos de renda fixa?

Entre as principais vantagens de investir nos fundos de renda fixa, podemos citar:


1. Gestão profissional

Calcular o risco e entender a volatilidade pela qual cada papel pode passar, são tarefas difíceis até mesmo para investidores com mais experiência.

A vantagem, nesse caso, é que os gestores de fundos são profissionais especialistas nesse tipo de análise. 

Por esse motivo, eles realizam um trabalho de qualidade em relação à parte de análise de risco, volatilidade e questões referentes a venda do título.


2. Praticidade

Acompanhar a diversificação da carteira de investimentos é uma tarefa que exige tempo e dedicação, além de muito conhecimento.

Ao fazer aplicações em fundo de renda fixa, será mais fácil acompanhar o desempenho, pois com apenas um extrato, terá acesso a todas as informações que precisa.

Também é importante mencionar que você vai investir em títulos de diversas empresas, mas sem precisar abrir contas em várias corretoras ou bancos de investimento.


Qual a principal desvantagem dos fundos de renda fixa?

Em relação às desvantagens, podemos citar as taxas envolvidas nas operações.

Além do Imposto de Renda e do IOF, os fundos de renda fixa cobram taxas de administração e de performance.

Esses custos, além do perfil de investidor e dos objetivos financeiros, devem ser analisados.


Como é a tributação dos fundos de renda fixa?

Os impostos que incidem nos fundos de renda fixa são o Imposto de Renda (IR) e o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).

Entretanto, o IOF é cobrado apenas se o resgate for feito dentro de um período inferior a 30 dias da aplicação. Nesse caso, a alíquota sobre o rendimento varia de 96% a 0%, de acordo com o prazo.

Já o Imposto de Renda incide sobre a rentabilidade dos fundos. Quanto mais tempo você mantiver a aplicação, menos irá pagar de imposto.

Nas aplicações de curto prazo (com vencimento de até 365 dias), se o investimento for de até 180 dias, a alíquota será de 22,5%.

Caso o prazo seja superior a 180 dias, a alíquota diminui para 20% sobre o valor aportado.

Para os fundos de renda fixa de longo prazo, a tabela regressiva do IR funciona da seguinte maneira:

•Até 180 dias, 22,5%;

• 181 a 360 dias, 20%;

•  361 a 720 dias, 17,5%;

• Acima de 720 dias, 15%.


Como investir em um fundo de renda fixa?

É preciso buscar por instituições distribuidoras de fundos, como as corretoras de valores.

Por exemplo, o fundo AF Global Bonds, está disponível na plataforma da XP Investimentos.

Além disso, é necessário estudar a política de investimento e analisar o histórico de performance do fundo.

como escolher um fundo de renda fixa?

Conclusão

De forma geral, o fundo global de renda fixa, assim como os outros fundos dessa categoria, é um bom investimento para perfis conservadores e moderados.

Mesmo para quem tem pouca experiência, esses fundos são recomendados, já que eles são uma maneira relativamente simples de fazer aplicações.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Leia Mais

Cartão VISA com limite INACREDITÁVEL

Você já descobriu a novidade que a VISA está proporcionando aos clientes? Um novo cartão com limite inacreditável está na área! Anúncios Nossa equipe decidiu