Como funciona o investimento em renda fixa?

Descubra de uma vez por todas como funciona o investimento em renda fixa!

Anúncios



Afinal, como funciona o investimento em renda fixa? Essa dúvida é muito comum entre os investidores iniciantes.

Cartões mais recomendados

Mas na verdade, qualquer pessoa que deseja cuidar do seu dinheiro e investir com segurança, deve conhecer melhor essa categoria de investimento.

Atualmente, deixar dinheiro na poupança, não é a melhor forma de fazer o seu dinheiro render, pois há outras aplicações seguras e que apresentam uma rentabilidade mais vantajosa.

Ao longo desse conteúdo, você vai entender como funciona o investimento em renda fixa e quais são as melhores aplicações do mercado.

Quer saber mais? Então continue a leitura.

como funciona o investimento em renda fixa?

O que é renda fixa?

A renda fixa é uma categoria de investimento que possui um cálculo de rendimento pré-definido.

Anúncios


Ao comprar um título de renda fixa, você está emprestando o seu dinheiro para o emissor do papel, que pode ser o governo, um banco ou uma empresa.

Em troca, na data estabelecida, você receberá o seu dinheiro de volta acrescido de juros.


Rentabilidade: como funciona o investimento em renda fixa?

Há três cálculos de rentabilidade mais comuns, que são os títulos prefixados; pós-fixados; e híbridos.

• Rentabilidade prefixada: ao adquirir um título prefixado, você saberá exatamente o quanto vai receber no prazo de vencimento. Por exemplo, um rendimento de 8% ao ano.

• Rentabilidade Pós-fixada: nesse tipo de investimento, o retorno é atrelado a um indexador da economia, como a Selic ou o CDI. Isso significa que o investidor não saberá exatamente o quanto vai receber no vencimento do título, já que os indicadores sofrem variações ao longo do tempo.

• Rentabilidade híbrida: esse caso combina as características dos títulos prefixados e pós-fixados. Sendo assim, uma parte da rentabilidade será fixa e a outra parte irá acompanhar um índice da economia, como o IPCA (X% + IPCA), por exemplo.


Qual a diferença entre renda fixa e renda variável?

Anúncios


Os investimentos em renda fixa possuem critérios de rentabilidade e prazo de vencimentos definidos.

Além disso, são mais seguros, já que a maior parte dos investimentos conta com a proteção do Fundo Garantidor de Créditos (FGC) ou do Tesouro Nacional, que é o caso dos títulos públicos.

Sendo assim, a renda fixa é recomendada para investidores iniciantes, que não possuem muita experiência e para os mais conservadores, que priorizam a segurança na hora de investir.

Já os investimentos em renda variável não contam com uma previsibilidade e oscilam de acordo com o mercado, que sofre influências de vários tipos.

Ou seja, os rendimentos são imprevisíveis no momento do investimento, pois os preços podem oscilar de acordo com fatores econômicos e políticos.

Por esse motivo, a renda variável é recomendada para investidores mais arrojados, que estão dispostos a correr riscos em troca de uma alta rentabilidade, principalmente no longo prazo.

Os principais investimentos em renda variável são as ações, fundos de ações e fundos imobiliários (Fiis).

citação

Quais são os principais investimentos em renda fixa?

A renda fixa é uma categoria de investimentos que reúne diversos tipos de produtos financeiros. Os principais são:


1. Tesouro Direto

O Tesouro Direto é um programa criado em 2002 através da parceria entre o Tesouro Nacional e a B3, a Bolsa de Valores do Brasil.

Esse investimento funciona como uma espécie de empréstimo que você faz para o governo.

Em troca, o governo te oferece um título, com um prazo de vencimento definido. No final desse prazo, você receberá o seu dinheiro, somado de juros.

Uma das principais vantagens do Tesouro Direto é a segurança, pois ele é 100% garantido pelo Tesouro Nacional.

Além disso, ele oferece uma boa rentabilidade e é considerado um investimento bem acessível, já que com pouco mais de R$ 30, você já pode comprar títulos do Tesouro Direto.

Há três tipos de títulos do Tesouro Direto: prefixados, pós-fixados e híbridos.


2. Certificado de Depósito Bancário (CDB)

O CDB é um investimento de renda fixa emitido por bancos.

Ele funciona de uma forma parecida com o Tesouro Direto. A diferença, é que aqui, estamos falando de títulos privados.

Ao comprar um título de CDB, você estará emprestando o seu dinheiro para a instituição financeira.

Os bancos emitem esses papéis com o objetivo de arrecadar recursos para financiar determinadas atividades, como projetos, por exemplo.

Normalmente, os CDBs emitidos por instituições menores tendem a oferecer taxas de rendimentos mais atrativas, assim como os títulos com um prazo de vencimento maior costumam apresentar uma rentabilidade melhor.


3. Fundos de renda fixa

Os fundos de renda fixa são aplicações que captam recursos através de cotas e aplicam em uma carteira de ativos de renda fixa atrelados, na sua maioria, à taxa de juros ou à inflação.

Eles funcionam, basicamente, como um condomínio de investidores em que cada cotista é dono de uma fração do patrimônio total.

As aplicações podem ser feitas apenas em títulos prefixados ou pós-fixados. Isso significa que dependendo do tipo de fundo, o investidor poderá investir em títulos do Tesouro Direto, debêntures, CDBs e/ou LCI/LCA.


4. LCI e LCA

As Letras de Crédito Imobiliário (LCI) e as Letras de Crédito do Agronegócio (LCA) são dois investimentos da renda fixa isentos de Imposto de Renda.

Elas são recomendadas para os investidores que priorizam a segurança e desejam obter um rendimento próximo ao Certificado de Depósito Interbancário (CDI).

Os recursos da LCI são destinados ao mercado imobiliário, e os da LCA, para o agronegócio.

O rendimento varia de caso a caso, mas os títulos podem ser prefixados, pós-fixados ou híbridos.

Assim como os CDBs, as letras de crédito também contam com a proteção do FGC.

A principal vantagem das LCIs e LCAs é a isenção do Imposto de Renda. Isso significa que toda a rentabilidade obtida já é líquida.

benefícios dos investimentos de renda fixa

Conclusão

Agora você já sabe como funciona o investimento em renda fixa e quais os principais produtos financeiros que se encontram nessa categoria.

Nós estamos falando de investimentos seguros e que oferecem mais previsibilidade.

Mas antes de fazer aplicações, é importante estudar para ver quais investimentos estão mais alinhados com os seus objetivos financeiros, já que cada um deles possui determinadas características.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Leia Mais

Cartão VISA com limite INACREDITÁVEL

Você já descobriu a novidade que a VISA está proporcionando aos clientes? Um novo cartão com limite inacreditável está na área! Anúncios Nossa equipe decidiu