Ethereum criptomoeda: como funciona e como comprar?

Conheça melhor a Ethereum criptomoeda!

Anúncios



A Ethereum criptomoeda aparece em segundo lugar na lista de moedas digitais com maior valor de mercado.

Cartões mais recomendados

Conhecida como uma plataforma que utiliza e tecnologia Blockchain, a Ethereum fica atrás apenas do Bitcoin.

Mas afinal, qual o diferencial dessa criptomoeda? Todas as moedas digitais são iguais?

É isso que você vai descobrir agora. Continue a leitura para saber mais sobre o assunto!

ethereum criptomoeda como funciona e como comprar?

O que é Ethereum criptomoeda e como funciona?

Na prática, a Ethereum é uma plataforma baseada na tecnologia Blockchain – a mesma do Bitcoin.

Esse sistema digital de alta qualidade é utilizado para enviar e receber informações que são armazenadas em formas de blocos.

Anúncios


Dentro da Ethereum, os investidores realizam transações e executam contratos inteligentes.

A Ether (ETH) é a sua moeda nativa. Por esse motivo, é comum o uso do termo Ethereum quando se fala sobre a criptomoeda.


Como surgiu a Ethereum e a Ether?

A Ethereum foi idealizada pelo russo Vitalik Buterin.

Ele conheceu o Bitcoin no ano de 2011. Após um tempo, começou a se interessar mais por esse tipo de tecnologia.

Em 2012, ele co-fundou o Bitcoin Magazine – site especializado na cobertura do BTC.

Já em 2013, ele se encontrou com profissionais da área e percebeu que a rede Blockchain do Bitcoin poderia ser utilizada também para descentralizar outros segmentos.

Anúncios


Em novembro do mesmo ano, Vitalik Buterin publicou o White Paper inicial do projeto.

Contudo, foi apenas no ano de 2015, que a blockchain realmente ganhou vida.

A rede Ethereum executa programas de forma automática.

Afinal, seu objetivo é justamente ser uma plataforma capaz de executar de forma automática, aplicações sem um coordenador central.

Não há um limite de emissões de moedas Ether (ao contrário do Bitcoin). Além disso, sua política monetária foi alterada muitas vezes.


Como comprar Ethereum?

Existem várias casas de câmbio que oferecem a compra de ETH com BTC ou dólar.

As principais são:

• Binance

• Bitpreço

• Poloniex

O método mais seguro para adquirir Ether no Brasil, é comprar BTC em exchanges populares e, depois, fazer a troca por ETH em casas de câmbio.

Também é possível investir em Ethereum através de fundos de criptomoedas, ETFs ou Peer-to-Peer (P2P):

• Fundos de criptomoedas: são produtos que reúnem recursos financeiros de vários investidores para realizar aplicações em determinados criptoativos.

• ETFs: os ETFs de criptomoedas podem ser negociados na bolsa de valores.

• P2P: você também pode adquirir a moeda diretamente de vendedores em plataformas como o LocalBitcoins e Paxful.

citação

Como minerar Ethereum?

A mineração de criptomoedas é o nome dado ao processo de validação e inclusão de novas transações no blockchain.

Quem realiza essa atividade são os mineradores, através dos equipamentos corretos.

Como recompensa pelo trabalho, os mineradores recebem criptomoedas.

Para participar do processo, os profissionais devem adquirir PCs com placas de vídeo mais potentes.

Quanto maior o poder computacional da máquina, maiores as chances de validar as transações e ganhar criptomoedas.

Mas como existe muita gente minerando Ether, é comum que os usuários entrem em um pool de mineração, em que várias pessoas se juntam para utilizar a capacidade de processamento de todos e validar um bloco.


Quais são as principais diferenças entre a Ethereum e o Bitcoin?

O Bitcoin e a Ethereum são consideradas as duas maiores criptomoedas.

Contudo, quando se trata de tecnologia, existem algumas diferenças que tornam seu uso completamente diferente.

De fato, ambas utilizam o blockchain e funcionam de forma descentralizada (sem o controle de um governo ou Banco Central). Porém, as semelhanças terminam por aqui.

Para que você entenda melhor sobre o assunto, nós vamos explicar como funciona o Bitcoin e em seguida, as principais diferenças entre os dois criptoativos:


Como funciona o Bitcoin?

O Bitcoin, criado em 2009, é a criptomoeda mais conhecida no mundo.

Ela foi criada para permitir o pagamento de bens ou serviços sem possibilidade de censura.

Há quase uma década, essa moeda digital funciona sem interrupção, além de oferecer diversas propriedades para uso.

O Bitcoin (BTC) usa uma versão simples do banco de dados distribuído blockchain, que guarda o mínimo possível de informações.

Para comprar Bitcoins, você precisa transferir dinheiro para uma corretora que se encontra no ambiente Blockchain, seja no Brasil ou não.

O preço do Bitcoin, assim como de qualquer outra criptomoeda, é volátil.

Sua tecnologia Blockchain é particular, pois ela não armazena os saldos de cada usuário. O que fica guardado, na verdade, são as movimentações financeiras de cada endereço.

Isso significa que quando um usuário da criptomoeda decide consultar seu saldo, o sistema busca todo o registro no histórico de informações.

E agora que você já sabe como cada uma das criptomoedas funciona, está na hora de entender as principais diferenças de cada um:


Objetivos

Os objetivos são as principais diferenças entre as criptomoedas.

O Bitcoin foi desenvolvido para ser uma moeda totalmente descentralizada.

Já o Ethereum, foi criado para ser uma plataforma de contratos inteligentes e programação de aplicativos descentralizados, além de também contar com uma criptomoeda própria.

Porém, o Ethereum, também é considerado um sistema descentralizado.


Emissão

Conforme o protocolo do Bitcoin, apenas 21 milhões de unidades de BTC podem ser mineradas.

Atualmente, 90% de todos os Bitcoins já foram minerados.

Entretanto, até esse limite ser atingido, novas moedas são criadas através da mineração.

Mas é importante mencionar que a mineração da parte restante do Bitcoin não será feita de modo tão rápido.

Os 10% de Bitcoin restantes (2,1 milhões de unidades) serão gerados até 2140, ou seja, daqui a 118 anos.

Já o Ethereum, por outro lado, não tem limite de emissão.


Velocidade

Nesse ponto, o Ethereum apresenta uma grande vantagem, já que ele é considerado mais rápido que o Bitcoin.

É que eles trabalham com blocos diferentes na rede Blockchain.

Enquanto no Bitcoin há um bloco a cada 10 minutos, na rede Ethereum, o prazo é de 13 segundos.

quais são as vantagens da ethereum?

Conclusão

Agora você já sabe o que é Ethereum criptomoeda, como comprar, investir e quais as principais diferenças entre Bitcoin e Ethereum!

No entanto, para tomar boas decisões, é necessário que você conheça os principais riscos envolvidos e saiba qual é o seu perfil de investidor!

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Leia Mais

Cartão VISA com limite INACREDITÁVEL

Você já descobriu a novidade que a VISA está proporcionando aos clientes? Um novo cartão com limite inacreditável está na área! Anúncios Nossa equipe decidiu