Como funciona o resgate de um fundo de ações?

Você está pensando em realizar o resgate de um fundo de ações, mas não sabe como esse processo funciona? Então você está no lugar certo!

Anúncios



Um ponto que merece atenção na hora de investir em um fundo de ações é o prazo de resgate.

Cartões mais recomendados

Ele está diretamente relacionado à liquidez, que é a facilidade em que um ativo financeiro pode ser transformado em dinheiro.

Além disso, o prazo de resgate de um fundo de ações também define o tempo em que você terá acesso ao montante em que aplicou.

Para sair mais sobre o assunto, continue a leitura.


O que são fundos de ações?

Você sabia que a compra de ações não é a única forma de ter acesso ao mercado acionário?

Você também pode comprar fundos de ações, que basicamente são fundos de investimentos que realizam aportes em empresas na Bolsa de Valores.

Anúncios


Isso significa que eles conseguem obter resultados através da movimentação do tradicional mercado de ações.

O funcionamento deles é bem parecido com os outros fundos. As cotas são oferecidas aos investidores pelas corretoras de valores. Desse modo, você pode adquirir quantas cotas quiser.

A maior parte do patrimônio do investidor é formada por ações, opções de ações, direitos de subscrição, etc.

Em relação às decisões sobre a alocação dos recursos financeiros, o principal responsável é o gestor, que irá criar uma estratégia para isso.

como funciona o resgate de um fundo de ações

Por que prestar atenção ao prazo de resgate de um fundo de ações?

Apesar da importância que o prazo tem para um investidor, é comum encontrar pessoas que não consideram esse fator na decisão de um investimento.

O problema é que ignorar os prazos pode impactar toda a sua carteira de ativos financeiros.

Anúncios


Obviamente, todo investidor quer obter o máximo de rentabilidade possível.

Porém, se você pensa no rendimento dos investimentos como único critério na hora de escolher um ativo, existe o risco de encontrar aportes que só podem ser resgatados no médio e longo prazo.

Caso você tenha alguma emergência e precise ter acesso a sua aplicação de forma imediata, poderá até mesmo adquirir uma dívida.

Além disso, ignorar o prazo pode aumentar a chance de perdas financeiras. Por exemplo, se você quer adquirir ações, mas o seu foco é no curto prazo, pode não alcançar os objetivos previstos (aqueles que você colocou no seu plano financeiro).

Desse modo, existe o risco de o plano de investimentos falhar. E é por esse motivo que o prazo de resgate de um fundo de ações, assim como a rentabilidade dos investimentos, deve ser considerado.

Quais são os três prazos que fazem parte do processo de resgate do dinheiro?

Para você entender melhor como funciona o resgate de um fundo de ações, vamos detalhar cada um dos três processos:

1. Prazo de cotização

Prazo de cotização é o período que começa a ser contado no momento em que uma operação financeira é realizada, no mesmo instante do prazo de liquidação.

Ao fazer uma aplicação em um fundo de ações, o seu capital se transforma em cotas.

Já quando você realiza o resgate do valor aplicado no fundo, acontece o contrário: as cotas se transformam em dinheiro.

E é justamente o tempo que leva para essas duas operações serem realizadas, que é chamado de prazo de cotização.

É importante lembrar que para o valor ser resgatado ou debitado, há alguns dias úteis (dependendo do investimento escolhido).

Os investidores precisam ter certeza de que o prazo de cotização está alinhado com seus objetivos financeiros.

Existem dois tipos de prazo de cotização:

• Prazo de cotização rápido: a duração é de até cinco dias úteis.

• Prazo de cotização lento: pode ser de 15 dias úteis, um mês ou dependendo do caso, um ano.

É por esse motivo que o gestor responsável pelo fundo deve analisar com frequência a carteira de ativos, para que assim, seja possível movimentá-los sem prejudicar os investidores.

2. Prazo de liquidação

Quem quer começar a investir, precisa saber muito bem o que é prazo de liquidação.

O prazo de liquidação é o período em que uma negociação no mercado deve ser concluída ou finalizada.

Ou seja, é o momento em que o comprador deve realizar o pagamento para o vendedor que, por sua vez, irá entregar os ativos ao comprador.

Quando você fizer a solicitação do resgate e o seu dinheiro passar pela cotização, será preciso esperar o dinheiro sair do fundo de investimentos e entrar na sua conta bancária.

3. Prazo de resgate

O prazo de resgate é a soma do prazo de cotização com o de liquidação.

Isso significa que ele se refere ao tempo que leva para você solicitar o resgate e o dinheiro entrar na sua conta.

No mercado financeiro, a sigla “D+” é o que define o prazo de resgate.

Para saber o que é “D+2”, por exemplo, lembre-se de que só será possível realizar o resgate dois dias úteis após a aplicação.

Apenas os dias úteis são contabilizados nesse processo.

É por esse motivo que você deve ficar atento ao prazo de resgate de um fundo de ações.

Se você perceber que determinado investimento tem um D+ muito longo, as suas finanças poderão ser prejudicadas.

Como é a tributação de um fundo de ações?

Quem quer investir em fundos de ações, também precisa saber quais são os impostos envolvidos: o IR e o IOF.

O Imposto de Renda recai sobre a rentabilidade do fundo. Por exemplo, se em um ano o fundo rendeu 12%, o IR será aplicado sobre esse valor. A alíquota de 15% é cobrada na fonte.

Em relação ao IOF, ele incide apenas em rendimentos nos quais o resgate foi feito em um período inferior a 30 dias a partir da aplicação. A alíquota varia de 96% a 0% de acordo com o prazo.

Isso significa que se você pedir o resgate após esse período, o IOF não será cobrado.

como funciona o resgate de um fundo de ações

Conclusão

É um grande erro começar a investir em um produto financeiro sem saber qual é o prazo de resgate, pois caso precise utilizar o dinheiro antes, você terá prejuízos.

Por isso, não leve em conta apenas a rentabilidade do investimento, mas também, a liquidez, o prazo de resgate e claro, o seu perfil de investidor.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Leia Mais

Cartão VISA com limite INACREDITÁVEL

Você já descobriu a novidade que a VISA está proporcionando aos clientes? Um novo cartão com limite inacreditável está na área! Anúncios Nossa equipe decidiu