Como fazer um balanço patrimonial pessoal mensal passo a passo?

Veja o passo a passo para fazer um balanço patrimonial pessoal mensal

Anúncios



Fazer o balanço patrimonial pessoal mensal é algo muito importante para entender a sua verdadeira situação financeira.

Cartões mais recomendados

Pare por um segundo e pense: você sabe exatamente qual é o tamanho dos seus bens materiais? 

Não estamos falando do seu salário mensal e outras fontes de renda passiva, mas sim, do seu patrimônio pessoal, que você conquistou ao longo dos anos.

Se você quer saber o que é um balanço patrimonial pessoal, como ele funciona, para que serve e como ele pode ser feito, continue a leitura. Vamos explicar como tudo funciona!

balanço patrimonial mensal

O que é balanço patrimonial pessoal mensal?

O balanço patrimonial é um instrumento contábil que permite que uma pessoa ou uma empresa, consiga avaliar com mais clareza, a sua verdadeira situação financeira.

No mundo dos negócios, o balanço patrimonial é uma ferramenta essencial, já que ele mostra com clareza o momento da empresa, a capacidade de crescimento, endividamento, lucratividade, etc.

Anúncios


A lógica é parecida quando você pensa nas suas finanças pessoais.

Afinal, o balanço financeiro ajuda a entender melhor os investimentos feitos e as suas dívidas.

Basicamente, o objetivo é fazer um levantamento de todos os bens e dinheiro disponível em conta.

Bens e direitos: aplicações financeiras, imóveis como investimento, bens de uso pessoal, direitos a receber e participação em empresas.

Dívidas e obrigações: empréstimos, financiamento de imóveis ou saldo a quitar, obrigações e indenizações diversas, entre outros.


Como funciona o balanço patrimonial pessoal mensal?

Antes de qualquer coisa, é importante você saber que esse demonstrativo pode ser feito em uma tabela.

Anúncios


Ou seja, você pode utilizar o bom e velho Excel para fazer o levantamento e entender melhor a sua real situação financeira.

Ao fazer isso, você poderá visualizar o quanto tem e o quanto deve. O resultado vai mostrar se o balanço é positivo ou negativo.

Um resultado positivo, por sua vez, demonstra que os ativos superam os passivos e que as contas estão bem organizadas.

Contudo, se o resultado for negativo, significa que a sua saúde financeira está em risco.

Depois de entender e avaliar a situação, é possível pensar em novas estratégias e organizar as finanças.

Com o balanço patrimonial, fica mais fácil avaliar as suas decisões em relação ao seu dinheiro e se existem mudanças que devem ser feitas, tanto no curto quanto no longo prazo.

indicar a evolução do patrimônio ao longo do tempo

Como fazer o balanço patrimonial pessoal mensal?

Como falamos, você pode fazer isso em uma tabela do Excel, já que essa ferramenta é excelente para acompanhar o balanço e entender melhor os resultados.

Porém, caso não queira utilizá-lo, você pode fazer as suas anotações e cálculos de forma manual.

Sendo assim, comece criando a sua tabela, seja ela manual ou não.

No lado direito, você irá colocar os seus bens, direito e dinheiro. Já no lado esquerdo, vai listar todas as suas dívidas, chamadas de passivos.

Liste todos os seus ativos e o valor de cada um deles (no lado direito da tabela).

Para dar um exemplo de balanço patrimonial pessoal, vamos considerar que uma pessoa tenha os seguintes bens:

• Casa: R$ 300 mil

• Carro: R$ 50 mil

• Investimentos: R$ 20 mil

A soma de todos os seus ativos, nesse caso, seria de R$ 370 mil.

Contudo, é preciso considerar os passivos, isto é, aquilo que você ainda não tem quitado e terá que pagar nos próximos meses/anos. Assim, podemos incluir, por exemplo:

• Casa: R$ 60 mil

• Carro: R$ 10 mil

Caso os seus bens estejam financiados, o valor das parcelas restantes para pagar, deve ser considerado um passivo, mesmo que todos os pagamentos estejam em dia. No exemplo acima, a soma é de R$ 70 mil.

Para saber o seu verdadeiro patrimônio líquido, você deve subtrair o valor dos ativos pelo dos passivos. No exemplo acima, o resultado é de R$ 300 mil.


Como fazer um balanço patrimonial pessoal mais detalhado?

Quanto mais detalhado for o balanço patrimonial, melhor.

Aliás, você pode fazer isso de forma mensal, semestral ou anual.

O nível de detalhamento poderá ser ainda maior se você separar os seus ativos de alta e baixa liquidez.

Um ativo de alta liquidez é aquele que lhe permite resgatar o dinheiro rapidamente, sem perder o valor. Um bom exemplo são as aplicações no Tesouro Selic.

Por outro lado, quando um ativo tem baixa liquidez, significa que transformá-lo em dinheiro pode levar um pouco mais. É o caso dos imóveis, por exemplo.


Criação de um planejamento financeiro pessoal: o que é e por que fazer?

O planejamento financeiro pessoal, basicamente, é um documento que vai te ajudar a organizar as suas finanças.

Ou seja, assim, você poderá gerenciar melhor os seus ganhos e gastos.

A partir do seu balanço patrimonial pessoal, você vai saber se precisa fazer algumas mudanças relacionadas a sua vida financeira.

Isso pode incluir, por exemplo, uma estratégia para amortizar um financiamento imobiliário.

Com o planejamento financeiro, fica mais fácil entender os seus ganhos, as dívidas e as ações que devem ser tomadas para você realizar os seus objetivos.

Nessa fase também é importante você aprender a investir, para que assim, possa ampliar o seu patrimônio ainda mais e manter o seu poder de compra ao longo dos anos.


Como fazer um planejamento financeiro pessoal?

Antes de tudo, é importante você entender que o planejamento financeiro te ajuda a entender a sua situação financeira e definir os seus objetivos de curto, médio e longo prazo.

Agora que você já entendeu a importância de fazer um balanço patrimonial, veja como fazer um planejamento financeiro pessoal:

• Organize o seu orçamento

• Ajuste a sua rotina de acordo com essas informações

• Planeje-se para quitar as dívidas

• Encontre formas de economizar mais

• Faça um planejamento dos seus objetivos

• Comece a investir o seu dinheiro

• Procure aprender mais sobre educação financeira

vantagens do balanço patrimonial pessoal

Conclusão

O balanço patrimonial pessoal mensal é de extrema importância para entender melhor a sua realidade atual e, assim, fazer um planejamento financeiro.

Pois, ao identificar e analisar o patrimônio líquido, é possível pensar em estratégias para aumentá-lo no curto, médio e longo prazo.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Leia Mais