Psicopedagogia: o que faz o profissional e quanto ganha?

Já ouviu falar na área da psicopedagogia? É uma área de conhecimento que tem como objetivo estudar a forma de aprendizagem humana, os processos e as dificuldades.

Anúncios

Hoje iremos entender mais sobre o profissional, o psicopedagogo, e quanto esse profissional pode ganhar.

psicopedagogia

O que é a psicopedagogia?

A psicopedagogia é um campo de estudos que relaciona e combina os conhecimentos da Psicologia e da Pedagogia.

Tendo como objetivo compreender os processos de aprendizagem, para que as pessoas possam entender mais sobre as formas de aprendizado, encontrar as dificuldades e desenvolver estratégias.

O foco principal é auxiliar indivíduos a adquirirem conhecimentos de maneira mais eficaz e a superarem obstáculos que possam estar afetando seu desenvolvimento educacional.

A Psicopedagogia desempenha um papel crucial na promoção da educação eficaz e no apoio ao desenvolvimento integral dos indivíduos.

Sua importância é notória na área profissional e principalmente na área educacional, em que os psicopedagogos podem atuar junto com crianças e estudantes.

Anúncios

O que faz o psicopedagogo?

O psicopedagogo tem um trabalho relevante em entender mais sobre como as pessoas aprendem e como é possível melhorar esses processos de aprendizagem.

Seu trabalho envolve abordagens multidisciplinares, unindo a psicologia e a pedagogia. E ele pode ter diferentes atividades e funções no trabalho, veja mais:

Avaliação psicopedagógica

Dentre as atividades que o profissional pode ter é a avaliação psicopedagógica, para identificar as causas de dificuldades no aprendizado.

Para isso são feitas entrevistas com alunos ou com o paciente em questão, buscando observar seu comportamento e interações.

São aplicados testes para realizar avaliações cognitivas e emocionais, além de entender como são absorvidos os conhecimentos.

Auxilia no desenvolvimento socioemocional

A psicopedagogia abrange mais do que apenas o desenvolvimento cognitivo, se estendendo também para a área socioemocional.

Com isso, os profissionais da área podem ensinar seus alunos a lidar com problemas e desafios emocionais que podem atrapalhar ou prejudicar seu processo de aprendizagem.

Diagnósticos

O psicopedagogo pode fazer também diagnósticos das dificuldades de aprendizagem do paciente.

Depois dos testes e da avaliação, o psicopedagogo trará suas considerações de onde vem os problemas, se são da leitura, escrita ou outras áreas.

Orientação aos pais

Apesar de aprender dificuldades, algumas pessoas podem se adaptar melhor a diferentes tipos de aprendizado, como o visual, por memória, por audição e muitas outras formas.

Portanto, o profissional dessa área tem como objetivo orientar os pais e pacientes sobre as melhores formas de estudo, adequando as práticas ao que é mais favorável.

Elaboração de Planos de Intervenção

Após o diagnóstico, o psicopedagogo desenvolve um plano de intervenção personalizado para o aluno.

Esse plano deverá incluir estratégias e atividades que visam superar as dificuldades de aprendizagem e melhorar o desempenho acadêmico.

Acompanhamento e Avaliação Contínua

Durante o processo de intervenção, o psicopedagogo acompanha de perto o progresso do aluno, realizando avaliações regulares para verificar o impacto das estratégias implementadas.

Ele deverá avaliar como está funcionando a absorção dos conhecimentos, e se as estratégias aplicadas estão gerando resultado.

Onde pode trabalhar?

O psicopedagogo é um profissional com vários papéis, sua presença acaba sendo necessária em muitos estabelecimentos e instituições.

Dentre os locais em que o profissional da área poderá atuar temos:

  • Escolas;
  • Instituições de ensino;
  • Clínicas;
  • Consultórios;
  • Asilos;
  • Hospitais;
  • Empresas públicas ou privadas;
  • ONGs;
  • Instituições de pesquisa.

Apesar desses vários lugares em que o psicopedagogo pode atuar, quem se especializa na área encontra mais oportunidades em escolas e instituições de ensino.

Como é o curso de psicopedagogia?

Para poder se tornar um psicopedagogo, é necessário ter uma graduação em Psicologia ou Pedagogia, para que depois de formado o profissional possa fazer uma especialização em psicopedagogia.

Porém, em certas instituições já é possível encontrar o curso de bacharelado em psicopedagogia, como na Estácio, Anhanguera, Uninter e algumas outras universidades.

Como curso de bacharelado a duração é de 4 anos, mas como curso de especialização a duração é de 1 ano.

Veja alguns valores das faculdades e cursos de psicopedagogia:

  • Ampli – R$149,99;
  • Estácio – R$423,41;
  • Universidade Santo Amaro (UNISA) – R$564,52;
  • Anhanguera – R$357,64;
  • Unopar – R$357,64;
  • Unicesumar – R$1281,11;
  • UniCV – R$268,26;
  • Fac UNICAMPS – R$398;
  • Unifahe – R$268,26;
  • UNIASSELVI – R$449,99.

Quais os conteúdos estudados?

São muitos os conteúdos estudados no curso de psicopedagogia, alguns deles são:

  • Psicologia educacional;
  • Introdução à sociologia;
  • Neurociência das emoções;
  • Plasticidade cerebral;
  • Psicologia da educação;
  • Metodologia da Alfabetização;
  • Educação inclusiva;
  • Ludicidade e educação;
  • Psicomotricidade;
  • Psicofarmacologia;
  • Psicanálise aplicada à psicopedagogia;
  • Ciências humanas e sociais;
  • Aspectos Biopsicossociais do envelhecimento;
  • Adolescência e Juventude no século XXI.

E muitas outras matérias além dessas! A definição da grade vai depender da própria instituição educacional, seguindo o que é permitido pelo MEC, Ministério da Educação.

Quanto ganha o psicopedagogo

O profissional da psicopedagogia geralmente vai trabalhar em escolas ou instituições educacionais. Por isso, a média salarial vai variar de acordo com o tipo de lugar e a região do Brasil em que o profissional atua.

Além disso, existem algumas subdivisões dentro da psicopedagogia, fazendo com que o salário possa ser variado de acordo com a posição.

Segundo o Glassdoor, o profissional psicopedagogo tem uma média salarial no Brasil de R$3.154 ao mês.

O profissional dessa área também pode atuar como Técnico educacional, para esse cargo a média salarial é de R$2.449 ao mês no Brasil.

Outro cargo possível é o de agente educacional de inclusão ou não, ele tem uma média salarial de R$2.781.

Todos esses dados foram retirados do Glassdoor, um site importantíssimo quando o assunto são vagas de emprego e avaliação salarial dos profissionais, além de ser atualizado mês a mês ou conforme necessidade do mercado de trabalho.

Como podemos perceber a psicopedagogia desempenha um papel importante na educação inclusiva, visando proporcionar sucesso educacional e pessoal para todos os possíveis pacientes, alunos e outros públicos.

Sendo assim, se trata de uma área profissional em ascensão, com oportunidades interessantes para o psicopedagogo e em constante atualização de conteúdos, métodos e práticas de aprendizado.