Por que colocar CPF na nota? Vale a pena?

Será que vale a pena colocar CPF na nota?

Anúncios



Certamente, você já ouviu em algum momento a seguinte frase: “Quer colocar CPF na nota?”

Cartões mais recomendados

Muitas pessoas simplesmente respondem com um “não” ou até informam o CPF, mas sem saber o que essa pergunta significa de fato.

Para te ajudar a entender mais sobre o assunto e explicar se vale a pena colocar o CPF na nota ou não, nós criamos esse artigo.

Continue a leitura!

por que colocar cpf na nota vale a pena?

O que é CPF na nota fiscal?

O CPF na nota fiscal é uma iniciativa dos governos estaduais para controlar a cobrança de impostos, como o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e evitar a sonegação fiscal.

Além disso, essa medida é uma aliada na luta contra a pirataria.

Anúncios


As informações mais completas na nota fiscal contribuem para o cumprimento da legislação tributária.

O programa é de responsabilidade estadual e não são todos os estados que adotaram essa medida.


Quais estados têm o programa CPF na nota?

·         Rio Grande do Sul, pioneiro em 2012;

·         São Paulo;

·         Maranhão;

·         Rio de Janeiro;

Anúncios


·         Alagoas;

·         Minas Gerais;

·         Bahia;

·         Pará;

·         Amazonas;

·         Ceará;

·         Sergipe;

·         Rio Grande do Norte;

·         Rondônia;

·         Paraná;

·         Distrito Federal.

Fonte: Serasa


Como cadastrar o CPF na nota?

Se o seu estado está na lista, você pode se cadastrar da seguinte forma:

Acesse o site da Secretaria da Fazenda do estado e procure pela página do programa CPF na nota.

Depois, você terá que fazer o cadastro completo das informações (isso inclui alguns dados bancários).

Toda vez que você for fazer uma compra, ao passar no caixa, peça para o atendente colocar o CPF na nota fiscal.

Não deixe de baixar o aplicativo para você consultar seu saldo, fazer o resgate, entre outros.

citação

Como resgatar o CPF na nota?

O resgate do valor acumulado em notas fiscais para as pessoas que pedem para colocar o CPF na nota depende de cada estado.

Dúvidas como datas para resgate, data de expiração e valor mínimo para resgate, são distintas em cada região.

Essas informações estão disponíveis nos sites de consulta.


Quais são as vantagens de colocar o CPF na nota?

Colocar o CPF na nota traz várias vantagens para os cidadãos, como por exemplo:


Resgate

Alguns programas possibilitam que a cada seis meses, ou então, até alcançar um valor mínimo, o consumidor resgate os créditos acumulados.

Por exemplo, no Nota Paraná, além de poder transferir o saldo para conta bancária ou fazer o pagamento do IPVA, os cidadãos poderão participar do programa Paraná Pay.

Basicamente, o Paraná Pay é uma opção de utilização de créditos criada para incentivar o turismo na região e o consumo em estabelecimentos do estado.

Para receber o resgate, como mencionado anteriormente, o consumidor precisa informar os dados da conta bancária e fazer um cadastro no site da Secretaria da Fazenda.


Descontos

Quem não gosta de ganhar descontos?

A boa notícia é que você pode contar com esse benefício se colocar o CPF na nota.

Em alguns estados, é possível conseguir o abatimento no valor do IPVA, já em outros, o mesmo benefício pode ser aplicado ao IPTU.

Além disso, os descontos podem ser utilizados na compra de livros (em alguns estados).


Sorteios

A realização de sorteios é uma prática muito comum desse programa.

Todos os meses, são feitos sorteios, que vão de R$ 5 mil até R$ 1 milhão.

As notas com CPF dos consumidores são sorteadas e, quanto mais notas você tiver, maiores são as chances de ganhar.

É necessário conferir as opções disponíveis em cada região.


Doações

Você pode doar o valor acumulado para ONGs ou outras instituições que desejar.


Lançar o CPF na nota aumenta o score de crédito?

Ao contrário do que muitas pessoas acreditam, o CPF na nota não conta pontos no score do consumidor.

É que o cadastro do CPF durante uma compra não gera dados que servirão de base para entidades financeiras liberarem crédito, como acontece em consultas nos órgão de proteção, como o Serasa.

Resumindo, esse procedimento não é incluído nos cálculos de score.

Caso o seu objetivo seja aumentar o seu score de crédito, vamos listar os fatores que realmente podem te ajudar:

• Cadastro Positivo (histórico do seu comportamento de crédito)

• Manter o nome limpo

• Pagar as contas em dia

• Atualizar os dados cadastrais no Serasa


Posso cair na malha fina se colocar o meu CPF na nota?

Esse é outro receio muito comum das pessoas ao colocar o CPF na nota fiscal.

Porém, isso não faz sentido algum. O motivo disso?

Veja bem, ao fazer uma compra no supermercado e colocar o seu CPF na nota, com o governo, ou o fisco, poderá ter certeza de que o CPF realmente pertence a quem realizou aquela compra?

Afinal, você pode informar o CPF de outra pessoa.

Portanto, a inserção do CPF nas notas fiscais, não é usada como um dado pela Receita Federal, já que não há como ter certeza de que a compra foi, de fato, realizada pelo dono do CPF informado.


Meu CPF foi clonado: o que fazer?

Se você teve o seu CPF clonado, ou foi vítima de outra fraude, é necessário fazer um boletim de ocorrência.

Mas se você teve os seus documentos roubados ou extraviados, também deve notificar a ocorrência no SPC Brasil.

Aliás, o SPC Avisa é uma ferramenta que monitora informações cadastrais.

Com o SPC Avisa, você recebe um alerta sempre que o seu documento for consultado, incluído, ou alterado no banco de dados.

Você também pode receber avisos por e-mail ou SMS, caso deseje.


Onde o CPF pode ser clonado?

O seu CPF pode ser clonado se você fizer compras em sites falsos, tirar cópias de documentos em locais públicos, baixar um aplicativo, entre outros.

Por isso, é muito importante que você tome cuidado com os seus documentos e fique atento quando for necessário entregá-los a outras pessoas.

como proteger o seu cpf e evitar fraudes?

Conclusão

Colocar o CPF na nota é uma prática que te ajuda a contar com vários benefícios, como resgate de saldo e participação em sorteios, por exemplo.

Além disso, essa iniciativa evita a sonegação fiscal, dificulta a circulação de notas fiscais falsas e incentiva a responsabilidade das empresas com a sociedade em geral.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Leia Mais

Cartão VISA com limite INACREDITÁVEL

Você já descobriu a novidade que a VISA está proporcionando aos clientes? Um novo cartão com limite inacreditável está na área! Anúncios Nossa equipe decidiu