O que é SISU e como funciona o processo seletivo?

Você sabe o que é o SISU? O Sistema de Seleção Unificada, conhecido como SISU, é uma plataforma online gerida pelo Ministério da Educação (MEC) do Brasil.

Anúncios

Essa ferramenta é gratuita e fundamental para milhares de estudantes que buscam ingressar no ensino superior em instituições públicas do país.

    o que é sisu

    O que é o SISU?

    O SISU é uma das ferramentas de ensino mais importantes para os estudantes, se trata do Sistema de Seleção Unificada, criado pelo Ministério da Educação, o MEC.

    Ele cria um processo seletivo gratuito que usa das notas do Enem para fazer a classificação dos candidatos.

    O SISU é geralmente realizado duas vezes ao ano, no início de cada semestre letivo.

    Os estudantes que participaram do ENEM podem se inscrever no SISU e concorrer a vagas em cursos de graduação oferecidos por universidades e institutos federais, estaduais e municipais que aderiram ao sistema.

    É uma das principais formas de ingresso nas faculdades públicas e federais, além do vestibular, e ainda é um dos principais motivos pela ansiedade de muitos estudantes antes de um ano letivo.

    Anúncios

    Durante o período de inscrições, os candidatos podem escolher até duas opções de curso, indicando sua preferência de acordo com a nota obtida no ENEM.

    Com base nessas escolhas e na concorrência, o sistema realiza a alocação dos estudantes nas vagas disponíveis.

    Como funciona o SISU?

    O processo de inscrição do SISU é muito simples e ocorre em apenas uma etapa, sendo feito da seguinte forma: assim que os resultados do ENEM saem os estudantes poderão se inscrever no SISU durante o período pré estabelecido pelo Ministério da Educação.

    Assim que fizer a inscrição o candidato precisará escolher dois cursos por ordem de preferência, e com base na sua nota o SISU fará a classificação dos candidatos de acordo com suas notas.


    Eles são classificados por ordem decrescente da sua nota dentro da modalidade escolhida, que pode ser concorrência ampla, cota racial ou social.

    Depois de fazer a inscrição, o SISU realizará duas chamadas, na primeira chamada serão ofertadas para ampla concorrência.

    Já a segunda chamada é destinada às vagas remanescentes que vão para pessoas que não conseguiram ou não quiseram as vagas na primeira chamada.

    Se você for chamado na primeira leva, precisará realizar a matrícula até o dia estipulado, caso contrário a sua vaga ficará para a segunda chamada

    Após a divulgação dos resultados, o SISU também permite que os candidatos que não foram selecionados manifestem interesse em participar de uma lista de espera para as vagas remanescentes.

    As instituições utilizam essa lista para convocar candidatos, caso haja vagas não preenchidas.

    Qual a importância?

    O SISU desempenha um papel fundamental na democratização do acesso ao ensino superior no Brasil.

    Ele permite que estudantes de todo o país concorram a vagas em instituições públicas com base em seu desempenho no ENEM, promovendo igualdade de oportunidades.

    O sistema é baseado no desempenho acadêmico dos candidatos no ENEM, promovendo um processo seletivo mais transparente e orientado pela meritocracia. As notas obtidas no exame são utilizadas como critério principal para a alocação nas vagas.

    Além disso, o processo seletivo é prático e rápido, podendo ser feito online. Mas tome cuidado que logo nas primeiras horas o site pode travar bastante por conta do alto fluxo de pessoas que estão utilizando.

    Quem pode participar do SISU no próximo ano?

    Para poder participar do SISU os requisitos não são muito altos, começando por precisar ter participado do ENEM no ano imediatamente anterior ao SISU, portanto se você fez o ENEM em 2023, poderá se inscrever no SISU 2024.

    Também é obrigatório que para poder se inscrever no SISU você precisará ter uma nota acima de zero na sua redação.

    Estudantes que estejam cursando o último ano do ensino médio também podem se inscrever no SISU, mas devem estar cientes de que só poderão se matricular na instituição de ensino superior escolhida se concluírem o ensino médio com sucesso.

    Candidatos estrangeiros também podem participar do SISU, desde que atendam aos requisitos específicos estabelecidos pelas instituições de ensino.

    E os famosos trainees também podem participar, mas isso é apenas para auto avaliação já que para poder se inscrever em cursos de ensino superior é obrigatório ter concluído o ensino médio.

    Como passar no SISU?

    Não existem muitos segredos de como passar no SISU, por que o que você precisa é de uma boa nota do ENEM que seja o suficiente para estar dentro da nota de corte do programa.

    Durante o período de inscrições, o SISU exibe as notas de corte, que são as menores notas para ficar entre os selecionados. Acompanhe essas informações para avaliar suas chances e fazer ajustes em suas escolhas.

    A nota de corte se trata da menor pontuação necessária para que um candidato possa ser selecionado para o curso e instituição que escolheu.

    Cada curso e instituição possui uma nota de corte específica, que varia a cada edição do SISU e é determinada pelo número de vagas disponíveis e pelo desempenho dos candidatos inscritos.

    Então as melhores dicas que podem ser dadas para te ajudar a ir bem no SISU, são as que te ensinam a estudar e como se sair bem no ENEM.

    Portanto, comece estudando com antecedência e dedicação, entre um ENEM e outro existe quase um ano de diferença, são 365 dias que você pode estudar os assuntos que têm mais dificuldade e se preparar.

    Mas lembre-se que “estudar enquanto eles dormem” nunca é uma boa opção, você precisa descansar e ter uma mente clara antes da sua prova.

    O cansaço mental, estresse e ansiedade podem fazer com que os conteúdos estudados não sejam retidos pela sua mente.

    Agora que o ENEM 2023 passou, você pode se preparar para poder participar do SISU, Sistema de Seleção Unificada, de 2024 nas áreas de concorrência que você se enquadra.

    Não deixe de utilizar o SISU que foi criado com objetivo de transformar o processo seletivo em algo mais justo e transparente para todos.