Hedge cambial: o que é, como funciona e quais os tipos?

Entenda o que é hedge cambial e como funciona essa operação do mercado financeiro

Anúncios



O hedge cambial é uma estratégia que tem o objetivo de proteger investimentos.

Cartões mais recomendados

Aliás, esse conjunto de instrumentos utilizado para proteger investimentos, também é útil para empresas importadoras e exportadoras e até para turistas que pretendem viajar para outro país.

E se você quer saber como isso funciona na prática, continue a leitura. Vamos explicar tudo sobre o assunto.

o que é hedge cambial?

O que é hedge cambial?

Hedge cambial é uma operação do mercado financeiro que protege investimentos de pessoas físicas e jurídicas.

Ou seja, esses instrumentos financeiros, reduzem os riscos relacionados a operações com duas ou mais moedas diferentes.

Sendo assim, podemos dizer que o propósito não é exatamente gerar lucros, mas sim, diminuir as incertezas futuras.

Anúncios


Em momentos de crises financeiras, é comum que moedas de países emergentes, como o real, percam o seu valor frente a moedas mais fortes e estáveis.

Isso acontece porque os investidores começam a buscar ativos mais seguros, como o dólar, elevando as cotações.

O câmbio fica suscetível ao ambiente macroeconômico e pode sofrer oscilações com frequência (até mesmo diárias).

Dessa forma, quem faz operações financeiras com moedas, precisa compreender muito bem essa operação e criar uma estratégia.


Como o hedge cambial funciona?

Como você já sabe, o hedge cambial é um mecanismo de defesa para proteger o patrimônio do investidor das oscilações cambiais.

Ele pode acontecer de diversas formas, mas a prática mais comum são negociações com base no mercado futuro.

Anúncios


O mercado futuro é o ambiente em que são negociados contratos futuros.

Os participantes se comprometem a comprar ou vender uma determinada quantidade de um ativo por um valor estipulado para uma liquidação em uma data futura.

Mas a diferença é que no mercado futuro, os preços são reajustados de forma diária.

Na bolsa, os contratos são padronizados.

citação

Quais são os tipos de hedge cambial?

Agora que você já sabe o que é hedge cambial, está na hora de conhecer os principais tipos:


Contrato futuro

Como você já sabe, esse é o tipo mais usado.

O mercado futuro protege os produtores e investidores da volatilidade do preço dos ativos.

Entretanto, também é muito utilizado por especuladores que querem lucrar através dessas operações.

O comprador e o vendedor vão decidir de forma antecipada o valor futuro do derivativo da moeda e o prazo de vencimento.

Independentemente do valor que o ativo possa atingir no futuro, o preço foi firmado antes, isto é, durante a negociação.

É necessário mencionar que nesse mercado, é possível obter resultados com oscilações tanto positivas quanto negativas na cotação de um contrato específico.


SWAP Cambial

O SWAP Cambial é um termo utilizado para se referir ao processo de troca de moedas estrangeiras.

Ele pode ser traduzido do inglês para o português como uma troca.

Sendo assim, é uma troca de indexadores realizada para gerenciar taxas de reajuste e controlar o câmbio.

A empresa interessada em fazer o hedge, vai adquirir o direito de comprar dólares com a taxa atual. Entretanto, a compra vai ocorrer no prazo do vencimento do contrato indexado ao câmbio.

Já a instituição financeira, irá garantir a taxa de câmbio para o comprador. Ou seja, é ela que vai lidar com o risco da variação cambial.

Tanto empresas quanto instituições financeiras querem se proteger da desvalorização do real em relação ao dólar.

Já o Banco Central quer manter a estabilidade da taxa de câmbio.

Em tempos de crise, é normal que o valor do dólar suba consideravelmente em um pequeno período.

Nessas situações, o Banco Central se envolve em operações de swap, fazendo intervenção no dólar, com o objetivo de evitar que a desvalorização do real seja maior.


Fluxo de caixa internacional

As empresas que atuam no comércio exterior podem usar seu fluxo de caixa cambial para escapar das oscilações.

Aliás, no caso de instituições que funcionam em diferentes países, a manutenção de um fluxo de caixa internacional funciona como um hedge natural.

Desse modo, o dólar poderá ser utilizado para realizar transações comerciais, como pagamentos por serviços e importações de determinados produtos.

Mas para isso acontecer, a empresa em questão precisa ter uma conta bancária no exterior ou então, uma conta de câmbio.


Quando vale a pena fazer hedge cambial?

Essa operação pode trazer benefícios quando o objetivo é realizar operações financeiras que estejam expostas aos riscos da variação cambial.

Para as empresas que atuam no exterior, proteger-se das oscilações do câmbio é uma maneira de assegurar a margem de lucro sem surpresas.

Já para os investidores comuns, a prática pode ser vantajosa ou não. Nesse caso, é necessário ter muito conhecimento em relação ao mercado e aos ativos. Dessa forma, poderá determinar se o hedge realmente é uma boa opção.

Em momentos de crise, a demanda por operações de hedge aumenta significativamente.


O que é necessário para fazer hedge cambial?

O primeiro passo é abrir uma conta em uma corretora de valores.

Depois, você deve escolher qual o melhor instrumento de proteção.

Você é um investidor e quer proteger o seu patrimônio de uma possível desvalorização do real? Ou então, é importador e está preocupado com uma possível alta do dólar?

Antes de tomar uma decisão, é necessário considerar todas as opções disponíveis e os custos envolvidos.

6 vantagens de ter uma conta em dólar

Conclusão

Como você pode ver ao longo desse post, a operação de hedge cambial é um mecanismo de proteção vantajoso para investidores, transações e negócios internacionais.

O hedge, ao longo de todo esse tempo, evoluiu e foi adotado pelo mercado financeiro, passando a ser usado para diversos fins.

Se você acha que o hedge cambial é uma boa estratégia para proteger os seus investimentos, é necessário avaliar as opções e custos de cada ferramenta.

Por mais que pareça algo complicado, se você ou o seu negócio trabalham com moedas de outros países, o hedge cambial é uma boa opção para escapar das variações cambiais que, em várias situações, ocorrem em um período de tempo muito curto.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Leia Mais

Cartão VISA com limite INACREDITÁVEL

Você já descobriu a novidade que a VISA está proporcionando aos clientes? Um novo cartão com limite inacreditável está na área! Anúncios Nossa equipe decidiu