Fundos de investimentos Itaú: será que vale a pena?

Mas será que os fundos de investimentos Itaú valem a pena? Leia o nosso conteúdo e tire suas conclusões!

Anúncios



Certamente, se você chegou até aqui está à procura de uma maneira para fazer o seu dinheiro render não é mesmo?

Cartões mais recomendados

Acontece, que existem diversas aplicações financeiras, corretoras e perfis de investidores espalhados por aí. Por esse motivo, separamos informações de suma importância sobre esse tipo de investimento no Itaú.

Quer saber mais? Veja um aperitivo do que você vai encontrar nessa matéria:

  • O que são fundos de investimentos?
  • Tipos de fundos de investimentos no Itaú;
  • Como funciona os fundos de investimentos Itaú?
  • Quais são as vantagens?
  • Quais são as taxas cobradas?
  • Boas opções de fundos de investimentos Itaú.

Portanto, continue a leitura e tire todas as suas dúvidas!

fundos de investimentos Itaú

O que são fundos de investimentos?

Antes de mais nada, é necessário que você entenda sobre o que são fundos de investimentos. Pois, assim, no decorrer na leitura você conseguirá ter uma opinião sobre esse investimento financeiro.

E, poder decidir se esse é um bom negócio no seu momento ou não.

Em síntese, podemos dizer que os fundos são aplicações que envolvem títulos de renda fixa, ações, câmbio em um único investimento. Ou seja, é como se fosse uma carteira diversificada.

À frente, está um profissional qualificado e responsável por fazer toda a gestão e diversificação do investimento. De modo que, os resultados sejam altos e as perdas amenizadas.


Tipos de fundos de investimentos no Itaú

Fundos de renda fixa

Anúncios


De antemão, os fundos de renda fixa têm 80% dos investimentos em ativos de renda fixa. O saldo restante da carteira, são aplicados em derivativos para potencializar os rendimentos.

Em outras palavras, podemos dizer que essa é uma forma inteligente e assertiva para aumentar a probabilidade de ganhos, sem tirar o pé do chão.

Fundos de ações

Já, os fundos de ações, como o próprio nome induz, tem a maior parte de aplicações em ações, cerca de 67%. Dessa forma, a rentabilidade depende da valorização dos títulos.

Por esse motivo, o indicado é investir nos fundos de ações, pensando em um longo prazo. Pois, assim, é possível ganhar lucros maiores em um espaço maior de tempo.

Fundos Multimercados

A próxima sequência de fundos de investimentos no Itaú são os Multimercados. Na verdade, a modalidade trata-se de uma composição de ativos de renda fixa e de renda variável.

O resultado que o investidor consegue obter é uma rentabilidade mais alta, por conta da renda variável, mas com riscos menores. Pois, a renda fixa permite uma estabilidade maior.

Fundos Cambiais

Anúncios


Resumidamente, os fundos cambiais são investimentos na moeda estrangeira, como o dólar e o euro, por exemplo. Inclusive, essa é uma oportunidade para aproveitar as vantagens da economia global. Afinal, a carteira envolve títulos públicos de países distintos.


Como funciona os fundos de investimentos Itaú?

O Itaú possui uma carteira específica que na verdade trata-se de uma recomendação de especialistas do banco. Onde vários ativos financeiros fazem a sua composição, com aplicações nacionais e internacionais.

A partir de R$1,00 você já consegue dar início na aplicação financeira. No entanto, incide cobranças de algumas taxas como veremos a seguir. Ainda, é possível encontrar carteiras para todos os tipos de investidores.

Mas, os fundos do Itaú não se limitam a apenas isso, pois o banco oferece a flexibilidade de escolher outras instituições para investir. Atualmente, as empresas parceiras são as seguintes:

  • Absolute Investimentos;
  • Ibiuna;
  • Kinea;
  • Neo Investimentos;
  • Gávea e
  • Garde Assetmanage.

Quais são as vantagens?

Rentabilidade: o dinheiro aplicado rende todos os dias, assim você consegue acompanhar o desempenho diariamente.

Aplicações a partir de R$100: com apenas R$100,00 já é possível começar a investir. Nos casos das carteiras Itaú, o valor mínimo é de apenas R$1,00.

Diversificação da carteira: uma grande oportunidade para ter a sua carteira diversificada. Isso, com estratégias e impostos descontados de um investimento.

Gestão especializada: toda a gestão, administração e diversificação na carteira é realizada por profissionais especialistas no assunto. Dessa forma, você não precisa gastar com consultorias particulares.


Quais são as taxas cobradas?

Como nem tudo são flores, algumas taxas peculiares são cobradas, tais como:

Taxa de administração: esse é o valor que o investidor paga pela prestação de serviços.

Taxa de Performance: descontada apenas quando o lucro ultrapassa um valor pré-determinado.

Tributação: a taxa de tributação é cobrada de 6 em 6 meses e no momento do resgate. Na verdade, é conhecida como o famoso “come cotas”. Que certamente você já deve ter ouvido falar.

Em outras palavras, a taxa de tributação trata-se da cobrança antecipada do imposto de renda.

Boas opções de fundos de investimentos no Itaú

Bom, agora que você já sabe tudo sobre o que é e como funciona esse tipo de investimento, separamos algumas opções de investimentos no Itaú. Veja só:

Carteira Itaú: Investimento Multimercado

Desde já, a nossa primeira sugestão é a carteira do Itaú de investimento em multimercados. Sendo possível dar início a aplicação com R$1,00.

Aliás, nos últimos meses a aplicação teve uma performance de 12,23%, envolvendo ações nacionais e internacionais. Já a rentabilidade prevista para 1 ano é de 7,66%.

Com relação aos custos, a taxa de administração é cobrada uma vez por ano e equivale a 1,50% sobre o saldo do investimento.

Apesar dos lucros serem bem altos, é importante estar atento com relação aos riscos, pois também é alto. Mas vale a pena arriscar, principalmente se você já tem a sua reserva de emergência para se manter caso aconteça algum tipo de prejuízo.

Carteira Itaú Internacional Multimercado

A segunda sugestão é a carteira Itaú Internacional Multimercado, apesar do risco alto, os rendimentos são bem vantajosos. Em um ano, a rentabilidade acumulada é de aproximadamente 13,11%.

De fato, o investimento é indicado ao grupo de pessoas que desejam diversificar a carteira, fazendo aplicações em ativos no exterior. Se você optar por essa escolha, o indicado é manter o seu dinheiro pensando em ganhos a um longo prazo.

A taxa de administração é de 1,05% ao ano!

Itaú Index Simples Selic Renda Fixa

Se você tem medo de arriscar, o Itaú Index Simples Renda Fixa é um excelente negócio. Pois, o fundo tem um baixo risco, já que 98% é compostos de apenas títulos do Governo Federal.

No entanto, o ganho estimado é baixo, atualmente equivale ao valor de 2,08% em um ano. Já a taxa de administração é de 0,30% ao ano.

Mas e aí? Será que os fundos de investimentos Itaú valem a pena?

Bom, com base no que foi apresentado, os fundos de investimentos são atrativos, tanto com relação aos ganhos, como preservação do patrimônio. Além disso, o Banco Itaú tem uma das maiores economias do país e os gestores da aplicação são altamente qualificados.

Inclusive, o investidor consegue diversificar a carteira de maneira assertiva e com um baixo custo com relação a isso. Portanto, os fundos de investimentos Itaú valem a pena sim. Mas é você quem deve tirar as suas conclusões.

O que você acha? Deixe o seu comentário, queremos te ouvir! Aproveite e conheça ótimas opções de investimento a longo prazo!

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Leia Mais

Cartão VISA com limite INACREDITÁVEL

Você já descobriu a novidade que a VISA está proporcionando aos clientes? Um novo cartão com limite inacreditável está na área! Anúncios Nossa equipe decidiu