Fotogrametria o que é ? Saiba todos os detalhes!

Já ouviu falar em fotogrametria? É um tipo de arte, ciência e tecnologia que visa a obtenção de imagens para medir e mapear o mundo que nos rodeia.

Anúncios

Essa técnica vai utilizar da arte da fotografia para poder criar representações de posição, dimensão e características de certos objetos no espaço que ocupam.

fotogrametria

    O que é a fotogrametria?

    A fotogrametria é uma técnica de medição e mapeamento que utiliza da arte da fotografia e imagens para obter informações precisas sobre objetos físicos e o ambiente.

    É uma derivação da fotografia, seu nome vem do conjunto de três palavras gregas: photon (luz), graphos (Descrição) e metron (medida).

    Essa técnica é utilizada em áreas como topografia, agricultura, arqueologia, cartografia, geologia, engenharia e muitas outras disciplinas.

    A fotogrametria é uma ferramenta valiosa para criar modelos tridimensionais, mapas e representações precisas do mundo real.

    O princípio básico dessa técnica, é a triangulação, que envolve a captura de duas ou mais imagens de diferentes pontos de vista, seja de um objeto ou de uma área.

    Anúncios

    E com base nessas imagens capturadas é possível calcular os pontos tridimensionais do que está em perspectiva.

    Esse processo requer o uso de pontos de referência conhecidos, chamados de pontos de controle, para garantir a precisão das medições.

    Ao falar sobre fotogrametria, temos três opções diferentes que podem ser usadas: a terrestre, aérea e a subaquática

    • Fotogrametria Aérea: usada para levantamentos topográficos, mapeamento de áreas e monitoramento ambiental. E nessa modalidade as imagens são capturadas com aeronaves ou drones;
    • Fotogrametria terrestre: já esse tipo de fotogrametria usa de imagens capturadas por estações terrestres, em que as câmeras ficam por cima de tripés ou veículos;
    • Fotogrametria subaquática: utilizada para mapear o fundo do oceano.

    Como funciona?

    A primeira etapa é a obtenção de imagens do objeto ou área que se deseja mapear. Essas imagens podem ser capturadas a partir de câmeras aéreas, terrestres, drones, satélites ou outras fontes de imagem.

    É necessário também identificar pontos de controle para referenciar as imagens e fornecer um sistema de coordenadas. Os pontos podem ser físicos ou características naturais identificadas em todas as imagens.

    Com base nos pontos e nas informações sobre a posição e orientação das câmeras, o software de fotogrametria vai realizar cálculos de triangulação para determinar as coordenadas tridimensionais dos pontos no espaço.

    E é com base nessas coordenadas que podem ser gerados modelos 3D de mapas ou objetos, modelos que poderão ser utilizados para várias finalidades, como mapeamento topográfico, planejamento urbano e outras.

    A precisão dessa técnica vai depender de vários fatores, incluindo a qualidade das imagens, a precisão dos pontos de controle, a sobreposição adequada das imagens e a habilidade do software utilizado.

    São todos esses processos que a fotogrametria passa para poder chegar aos objetivos necessários.

    Onde se utiliza a fotogrametria?

    A fotogrametria pode ser utilizada em diversas áreas, já que possui uma alta capacidade de mapear e medir o mundo com precisão por fotos analógicas ou digitais.

    Veja algumas das formas de utilizar a técnica:

    Mapeamento topográfico

    A fotogrametria é frequentemente usada para criar mapas topográficos detalhados de grandes áreas, incluindo paisagens naturais e ambientes urbanos.

    Fonte de informação importante para o planejamento de infraestrutura, gestão de recursos naturais e estudos geológicos.

    Planejamento Urbano e Arquitetura

    Usado pelos profissionais de arquitetura, a fotogrametria vai ser utilizada também para a criação de modelos tridimensionais de cidades ou edifícios.

    Esse recurso vai ser utilizado para projetos grandes e até para o monitoramento do crescimento urbano.

    Um exemplo disso pode ser visto em maquetes 3D de projetos arquitetônicos ou em desenhos 3D na própria faculdade de arquitetura.

    Monitoramento Ambiental

    A fotogrametria é vital para monitorar mudanças ambientais. Por exemplo, podendo ser usada para rastrear o desmatamento na Amazônia, avaliar o recuo das geleiras nos polos e monitorar o crescimento de áreas urbanas para mitigar impactos ambientais.

    Arqueologia e Conservação

    Essa técnica pode ser utilizada também para documentar e, principalmente, preservar sítios arqueológicos e monumentos históricos.

    Ela permite criar modelos digitais precisos que são valiosos para a pesquisa e restauração.

    Monitoramento de Desastres Naturais

    Em situações de desastres naturais, como terremotos e enchentes, a fotogrametria é usada para avaliar os danos, calcular a extensão das áreas afetadas e auxiliar nos esforços de resposta e recuperação.

    Agricultura de Precisão

    Um campo que utiliza muito o método de fotogrametria é a agricultura, em que pode ser feito o monitoramento do desenvolvimento das plantações, identificar áreas com problemas de crescimento e para cálculos de índices.

    Com isso, o agricultor pode obter melhores resultados e otimizar seus processos de produção.

    Engenharia civil

    É comum utilizar a fotogrametria na engenharia civil para poder fazer inspeções e avaliações de infraestrutura como pontes, barragens e outros.

    Pode ser usado também para planejamentos, cálculos e apoio na hora de dar início à construção.

    Geologia

    Geólogos usam a fotogrametria para estudar formações geológicas complexas, identificar depósitos minerais e planejar operações de mineração com precisão.

    Entretenimento

    Com o avanço da tecnologia, existem softwares de fotogrametria 3D que permitem a criação de jogos, filmes, animações e outros recursos visuais, melhorando gráficos e a experiência.

    Vantagens da fotogrametria

    Além de saber sobre os conceitos e onde está sendo utilizada a técnica de fotogrametria, podemos conhecer também as vantagens deste método e sua aplicação.

    A utilização da fotometria permite que sejam capturadas imagens com precisão, obtendo resultados mais claros e concisos, se for executado da forma correta.

    Além disso, se trata de um método não intrusivo que não precisa entrar em contato com o objeto ou o lugar em que está sendo mapeado, algo muito valioso quando utilizado para a preservação de patrimônio cultural.

    A tecnologia moderna também permite que com essa técnica seja feita a captura de grandes quantidade de dados e imagens, tornando todo o processo mais eficaz para espaços ou objetos muito grandes.

    Outro ponto de vantagem da fotogrametria é sua versatilidade, podendo ser usado nas mais diversas áreas como notamos nas suas aplicações. Ela é flexível o suficiente para atender a uma ampla variedade de necessidades.