Como trancar a faculdade? Uma decisão difícil, mas necessária

Saber como trancar a faculdade é importante, mas pode ser também uma decisão difícil para algumas pessoas. Seja por estarem desistindo de seus sonhos ou por algum tipo de necessidade, toda faculdade oferece um sistema de trancamento.

Anúncios

    Como trancar a faculdade? Uma decisão difícil, mas necessária

    Mas o que é trancar a faculdade?

    Trancar a faculdade é uma expressão usada para descrever o ato de interromper por certo tempo os seus estudos em uma faculdade, universidade ou qualquer outra instituição de ensino superior.

    Quando um estudante decide trancar a faculdade, ele ou ela deixa de frequentar as aulas e suspende suas atividades acadêmicas por um período determinado, geralmente com a intenção de retornar mais tarde.

    As razões para trancar a faculdade podem variar de pessoa para pessoa e incluir motivos pessoais, financeiros, de saúde ou de outra natureza.

    Algumas pessoas podem estar enfrentando dificuldades financeiras e precisar trabalhar em tempo integral por um período antes de retomar seus estudos. Outros podem enfrentar problemas de saúde que os impedem de comparecer às aulas.

    Às vezes, os estudantes também optam por trancar a faculdade para fazer uma pausa e reavaliar seus objetivos acadêmicos e profissionais.

    É importante ressaltar que as políticas de trancamento de faculdade podem variar de instituição para instituição, e os estudantes geralmente precisam seguir procedimentos específicos e cumprir prazos para solicitar o trancamento.

    Anúncios

    É possível trancar a qualquer momento?

    Geralmente você pode trancar a faculdade em qualquer momento, com exceção de quando se está no primeiro semestre.

    É um tipo de solicitação que deve ser feita semestralmente e ainda assim, mantém os vínculos com a sua faculdade, o que é muito diferente do abandono do curso.

    Como trancar a faculdade?

    Para entender como trancar a faculdade, o primeiro passo é entrar em contato com a secretaria para saber quais são os procedimentos oficiais.

    Mas geralmente as universidades permitem que se faça esse processo de forma online, então basta entrar no site e preencher um requerimento.

    É comum que a faculdade peça um documento preenchido e mais uma série de documentações, que podem ser conferidas na secretaria da sua universidade, se ela for presencial, e no site se for EAD.

    A faculdade poderá aplicar multa?

    Segundo a lei n° 9870/99 e o Artigo 1°, § 7º, a faculdade é proibida de fazer cobranças de multas após o trancamento do seu curso.

    Na verdade, qualquer cobrança relacionada a serviços prestados pela Universidade é proibida.

    A única taxa que pode ser cobrada é por envio de documentos, mas a prestação e geração de documentos, como certificados, extratos e outros, são emitidos gratuitamente sem nenhum tipo de cobrança.

    Caso qualquer coisa tenha sido cobrada de você, é possível entrar em contato com advogados para reivindicar seus direitos pelo Código do Consumidor.

    Quais são as vantagens e desvantagens ao trancar a faculdade?

    Trancar a faculdade será uma decisão significativa e deve ser cuidadosamente considerada com base nas circunstâncias individuais. Portanto, vamos conferir algumas vantagens e desvantagens ao trancar a faculdade e tomar essa decisão.

    Vantagens

    É difícil pensar que existem vantagens em trancar, mas claramente podemos citar algumas.

    Como a principal delas é tirar um tempo para refletir, use esse período para poder pensar sobre quais são seus objetivos, se você ainda quer continuar o curso e quais são suas vontades no meio acadêmico.

    Se você não tem certeza do curso ou carreira que quer seguir no futuro, esse momento para tirar um respiro será bom.

    Outra vantagem é o alívio temporada que esse período também poderá gerar, principalmente para quem está enfrentando dificuldades pessoais, de saúde ou financeira.

    De forma que você termine e resolva todas as suas pendências antes de voltar a estudar.

    O trancamento pode oferecer flexibilidade para buscar oportunidades de trabalho ou estágio que possam aprimorar sua experiência e habilidades profissionais.

    Desvantagens

    Também existem as desvantagens no processo de trancamento de matrícula como a dificuldade de retorno.

    Retornar à faculdade após um período de trancamento pode ser desafiador. Você pode precisar se atualizar com o material acadêmico e se readaptar à vida universitária.

    Não só por esse motivo, mas também pela dificuldade de encontrar o momento certo em voltar para a faculdade, o que muitas pessoas acabam passando e por fim, podem nunca mais voltar.

    Além disso, a pessoa que trancar a faculdade precisa ter em mente que sua formação será atrasada, já que você voltará de onde parou, é claro.

    O trancamento pode e vai prolongar o tempo necessário para concluir seu curso, o que pode ter implicações financeiras e de planejamento a longo prazo, gerando muitas vezes o desânimo nessas situações.

    O trancamento pode afetar seu progresso acadêmico, como a conclusão de pré-requisitos ou cursos em sequência.

    E se você tem uma bolsa de estudos por programas como Quero Bolsa e Fies, terá que arcar com as consequências do trancamento.

    No Quero Bolsa, o seu desconto da bolsa de estudos será interrompido, então se você voltar para a faculdade terá que pagar uma nova bolsa ou o valor cheio das mensalidades.

    Já no Fies, as parcelas do seu financiamento poderão ser reajustadas de acordo com o período e taxas até o seu retorno.

    E não podemos esquecer do ProUni, que oferece bolsas de estudos para os estudantes, quando é feito o trancamento da faculdade a bolsa é interrompida durante o período.

    Existe também uma desvantagem emocional e psicológica, que durante um trancamento forçado por motivos exteriores, o estudante pode se sentir isolado da vida acadêmica e muitas vezes deprimido.

    O que pode afetar suas experiências sociais com amigos e a sua estabilidade emocional também.

    A decisão de trancar a faculdade deve ser baseada em suas circunstâncias individuais e objetivos pessoais.

    É importante conversar com conselheiros acadêmicos, professores e pessoas de confiança para obter orientação antes de tomar uma decisão.

    Agora que você sabe como trancar a faculdade, pense a respeito, é um assunto importante e que se for muito necessário estará ao seu dispor para recorrer.

    Muitas vezes pode ser a única saída momentânea para alguém, mas não necessariamente precisa ser o fim de sua vida acadêmica.

    FIES Medicina: tem nota de corte? Como se candidatar?