Como funciona o fundo de investimento em renda fixa?

Leia o texto até o final e veja tudo sobre como funciona o fundo de investimento em renda fixa!

Anúncios



Se você está cansado dos baixos rendimentos da poupança, mas tem medo dos riscos, provavelmente já pensou no fundo de investimento em renda fixa.

Cartões mais recomendados

Essas carteiras oferecem uma rentabilidade mais vantajosa e, quase sempre, com um risco mais baixo do que outros produtos financeiros.

Para conhecer todos os detalhes do fundo de investimento em renda fixa, continue a leitura. Nesse artigo, vamos falar tudo o que você precisa saber sobre essa alternativa de investimento.

como funciona o fundo de investimento em renda fixa

O que é um fundo de investimento em renda fixa?

Os fundos de renda fixa são aqueles que devem ter uma carteira composta com pelo menos 80% do patrimônio aplicado em ativos de renda fixa, como títulos públicos, títulos privados, debêntures, etc.

Os outros 20% podem ser em derivativos (instrumentos financeiros cujo valor de mercado deriva do valor de mercado de um bem ou de outro instrumento financeiro).

O controle é realizado por um gestor especializado, que pode inserir ou retirar aplicações dessa carteira de investimentos.

Anúncios


O objetivo é fazer com que seja possível obter maior rentabilidade, mas com baixa probabilidade de risco.

Como funciona o fundo de investimento em renda fixa?

Basicamente, os fundos de renda fixa funcionam da seguinte maneira:

O investidor compra parte dos fundos, ou seja, as cotas. Já o gestor adquire ativos financeiros, com base na política do fundo de renda fixa, que define os produtos financeiros que irão compor a carteira.

O administrador pode ajustar a composição da aplicação. Nos relatórios mensais, é possível analisar a performance dos fundos e o percentual dos ativos.

Ao adquirir as cotas, você, investidor, deve acompanhar os informativos e verificar se a rentabilidade está de acordo com as suas metas.

Os rendimentos e as taxas são divididos entre o número de cotas.

Anúncios


É importante você saber que quanto maior o número de cotas, maior o número de ganhos.


Quais são os tipos de fundos de renda fixa?

Basicamente, os fundos de renda fixa são divididos em três tipos principais:

• Fundos referenciados

• Fundos de renda fixa (não referenciados)

• Fundos de crédito

A seguir, veja as principais características de cada um deles:


1. Fundos referenciados

Os fundos de renda fixa variados acompanham a variação de um indicador de referência, que pode ser um índice de mercado ou então, a taxa de juros.

O mais conhecido deles é o Fundo DI, que segue a variação das taxas de juros praticadas por bancos.

A referência é a taxa do CDI (Certificado de Depósito Interbancário).

Há algumas definições para a carteira dos fundos referenciados.

A primeira delas, é a necessidade de ter 95% do patrimônio investido em ativos que seguem o indicador.

A segunda, é a aplicação de pelo menos 80% em títulos públicos federais, ativos de renda fixa considerados de baixo risco de crédito ou cotas de fundos de índice que invistam em ativos que apresentem essas características.


2. Fundos de renda fixa (não referenciados)

São os fundos no qual o gestor possui mais autonomia para superar um determinado indicador e cuja carteira pode ser composta por ativos que acompanham ou não um determinado índice de referência.

Costumam ter uma gestão mais ativa, já que aproveitam as movimentação do mercado, como alta ou diminuição da inflação ou mesmo a movimentação da Taxa Selic para aumentar a rentabilidade da carteira do fundo.


3. Fundos de crédito privado

Essa categoria de fundos de renda fixa assume riscos um pouco maiores. Contudo, os ganhos também podem ser mais significativos.

Nos fundos de crédito os gestores podem comprar títulos do Tesouro e combiná-los com a aquisição de outros títulos de renda fixa.

Ao investir em fundos de crédito, o investidor deve estar ciente dos riscos e dos prazos de resgate, que costumam ser mais longos.

A vantagem é a possibilidade de uma ótima rentabilidade.


Para qual tipo de investidor esse fundo é adequado?

O investimento em fundo de renda fixa é uma ótima opção para os investidores que desejam diversificar sua carteira de maneira simples e querem contar com a ajuda de um gestor profissional para a escolha dos investimentos.

Assim, eles abrem mão da autonomia para a escolha de ativos e montagem de parte de sua carteira na modalidade de renda fixa.

Há vários investidores, que por causa da falta de tempo, têm dificuldades em analisar os títulos de renda fixa que se encontram disponíveis no mercado.

Se esse é o seu caso, os fundos de renda fixa devem ser considerados, já que eles vão te gerar mais praticidade.

Além disso, os fundos de renda fixa permitem ao investidor a diversificação da carteira, através de apenas uma aplicação.

citação

Quais as principais vantagens do investimento em fundos de renda fixa?

Dentre as principais vantagens, podemos citar:

• Diversificação: através desses fundos, você terá acesso a vários produtos financeiros. Os gestores conseguem diminuir os riscos alocando os recursos em ativos diferentes.

• Gestão profissional: se você não tem tempo ou então, prefere ter ajuda profissional para aumentar a rentabilidade e minimizar os riscos, então o investimento de renda fixa é uma ótima opção para você.

• Liquidez: a liquidez é a capacidade de converter um bem em dinheiro. E é muito comum utilizar os fundos de renda fixa como uma reserva de emergência, parecido com a poupança tradicional ou conta em um banco digital, que você tem a possibilidade de realizar o resgate imediatamente.

• Praticidade: você não precisa acompanhar o mercado financeiro diariamente. Portanto, se a falta de tempo é um problema para você, os fundos de renda fixa vão trazer mais praticidade para o seu dia a dia.

como funciona o fundo de investimento em renda fixa

Conclusão

Agora que você já sabe o que é um fundo de investimento em renda fixa, vai ter mais facilidade na hora de diversificar a sua carteira de investimentos com a ajuda de um gestor especializado.

Para garantir o seu futuro e a tranquilidade financeira, investir é essencial!

Se você quer saber mais sobre a renda fixa, aproveite para ler o nosso conteúdo principal sobre o assunto clicando aqui.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Leia Mais

Cartão VISA com limite INACREDITÁVEL

Você já descobriu a novidade que a VISA está proporcionando aos clientes? Um novo cartão com limite inacreditável está na área! Anúncios Nossa equipe decidiu