Como ensinar educação financeira infantil para os filhos?

Veja as dicas que preparamos para você ensinar educação financeira infantil para os seus filhos!

Anúncios



Como ensinar educação financeira infantil? Essa é uma dúvida que muitos pais têm.

Cartões mais recomendados

Afinal, existe uma idade certa para começar a falar sobre isso? Como realizar esse tipo de abordagem?

Ao incluir hábitos relacionados às finanças na vida das crianças, os pais contribuirão para um futuro financeiro mais seguro.

Pensando nisso, no artigo de hoje, vamos te dar várias dicas para você ensinar educação financeira infantil para os seus filhos.

Continue a leitura para saber mais.

como ensinar educação financeira infantil para os filhos?

O que é educação financeira infantil?

Educação financeira infantil é o ensino das finanças pessoais durante a infância.

Anúncios


É importante que, mesmo sendo uma criança, seu filho comece a entender alguns princípios básicos das finanças, pois assim, quando ele crescer, terá mais facilidade para realizar investimentos e utilizar o dinheiro de forma inteligente.

Há várias lições que a educação financeira pode passar para os pequenos. Uma das principais, sem dúvida alguma, é fazer com que as crianças possam entender o valor do dinheiro.

Quando o aprendizado for transmitido, o seu filho, aos poucos, vai entender melhor sobre hábitos de consumo e formas de economizar.


Como ensinar educação financeira infantil?

Depois de saber a importância de falar sobre finanças com as crianças, é bem provável que você tenha interesse em transmitir aos seus filhos, os princípios básicos da educação e inteligência financeira.

Mas antes de qualquer coisa, é necessário entender que a educação financeira deve ser um assunto natural em casa.

Veja algumas dicas que preparamos para você falar sobre finanças com os seus filhos:


1. Comece com a mesada

Anúncios


A mesada é importante para que o seu filho possa ver, na prática, como usar o dinheiro.

Com a mesada, a criança vai poder escolher o que comprar. Fale com o seu filho sobre o assunto. Depois disso, envolva a família para definir um valor para a mesada.

Dentre as principais vantagens de dar uma mesada para os filhos, podemos citar:

• Ensinar as crianças sobre o custo das coisas e o valor do dinheiro

• Ajuda a compreender os conceitos de hábito e barato

• Cria responsabilidade financeira

• Incentiva o hábito de economizar


2. Ensinar o filho a poupar

Economizar significa deixar de gastar dinheiro de forma desnecessária.

Já poupar, significa guardar o dinheiro que foi economizado, para que assim, você possa ter uma reserva financeira para os momentos de imprevistos financeiros ou consiga realizar objetivos de médio e longo prazo.

E isso tem tudo a ver com o processo de ensinar educação financeira infantil para as crianças!

A partir do momento em que você decidir que quer dar uma mesada para os seus filhos, converse sobre a importância de ter uma poupança.

Se a criança ainda for pequena e você der dinheiro ao vivo, fale sobre a importância de guardar dinheiro para comprar algo que ela realmente queira.

Caso o filho já seja adolescente e possa utilizar serviços bancários, você pode incentivá-lo a guardar uma parte do dinheiro no banco e falar mais sobre aplicações financeiras seguras (como CDBs, por exemplo).

citação

3. Ensinar as crianças a controlar os gastos

Controlar os hábitos pode ser difícil não apenas para crianças e jovens, mas também para adultos.

Por isso, quanto antes você começar a conversar sobre isso com o seu filho, melhor.

Contudo, é importante lembrar que a melhor forma de ensinar uma criança a controlar os gastos, é dando o exemplo.

Por exemplo, ao planejar, organizar e controlar os gastos da casa, os filhos vão perceber que esse hábito deve ser seguido, já que traz vários benefícios.

Quando a criança começa a ver na prática a importância de utilizar o dinheiro de forma responsável, ela acaba aprendendo junto.


4. Fale sobre a importância de registrar os gastos

O registro dos gastos pode ser feito em um caderninho ou uma planilha.

Anotar os gastos é a melhor forma de entender exatamente para onde o seu dinheiro está indo. Isso é ótimo tanto para os adultos quanto para as crianças.

Mostre para os pequenos a importância de registrar os gastos e analisar as finanças. O objetivo aqui, é incentivar o seu filho a criar e a manter esse hábito.


5. Converse sobre investimentos e ganhos no longo prazo

Para quem já tem filhos adolescentes, esse assunto é de extrema importância.

Como você já sabe, guardar dinheiro é um excelente hábito. Além disso, é normal que a poupança seja a primeira aplicação financeira, ainda mais no caso dos jovens.

Porém, também é fundamental falar com os jovens sobre outros tipos de investimentos financeiros, que além de seguros, oferecem uma boa rentabilidade.

Explique sobre as formas de fazer o dinheiro render no médio e longo prazo.

Também é importante ensinar que o hábito de poupar e investir, é necessário para realizar objetivos financeiros, sejam eles de curto, médio ou longo prazo.


6. Utilize livros de educação financeira infantil

Há vários livros que ensinam sobre educação financeira infantil.

Assim, você incentiva o hábito da leitura e ensina práticas importantes de organização financeira.

Incluir essas lições no cotidiano irá permitir que o seu filho possa aprender mais sobre o valor do dinheiro, a importância de economizar e se planejar.

Veja algumas opções de livros sobre educação financeira para crianças:

• Meu Primeiro Livro de Finanças Pessoais – Tatiane Laiser

• Guardiões da Galáxia: O poderoso plano de Rocket – Aubrey Sitterson

• A Semente da Riqueza – Angélica Rodrigues Santos e Rogério Olegário do Carmo

• O Dinheiro: Aprenda a Cuidar do Seu Brincando – Cristina Von

• O Pé de Meia Mágico – Álvaro Modernell

• Almanaque Maluquinho – Pra que dinheiro? – Ziraldo

• Zequinha e a Porquinha Poupança – Álvaro Modernell

• Meu dinheirinho – Carlos Eduardo F. Costa e Fabrício P. Soares

6 dicas para começar a dar mesada para crianças

Conclusão

Nós esperamos que esse artigo, tenha te ajudado a entender melhor sobre a importância de ensinar educação financeira infantil para as crianças.

Quanto antes eles tiverem contato com esse tema tão importante, melhor.

Dessa forma, poderão desenvolver hábitos de consumo mais saudáveis no futuro.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Leia Mais

Cartão VISA com limite INACREDITÁVEL

Você já descobriu a novidade que a VISA está proporcionando aos clientes? Um novo cartão com limite inacreditável está na área! Anúncios Nossa equipe decidiu