Como cumprir as metas financeiras e manter as finanças em dia

Com a chegada desse novo ano vem também as metas e planejamento para que elas deem certo, e pensando nisso, hoje nós queremos te ajudar a cumprir as suas metas financeiras.

Anúncios

Alcançar metas financeiras é uma jornada desafiadora, mas fundamental para conquistar estabilidade e realizar objetivos de longo prazo.

Seja economizar para a aposentadoria, liquidar dívidas ou realizar sonhos, um planejamento financeiro sólido é essencial.

E hoje vamos te ensinar algumas dicas para que você possa cumprir com todas as suas resoluções financeiras de ano novo.

A sua meta pode ser juntar uma certa quantia de dinheiro, dar entrada em algo que você queira comprar ou até mesmo começar a investir, são várias as possibilidades de metas financeiras que você pode ter nesse novo capítulo que se inicia.

Como criar as metas financeiras para cumprir este ano?

Antes de querer alcançar as suas metas financeiras é preciso criá-las. E se você ainda não faz ideia do que quer alcançar ao final do ano, nós vamos te auxiliar a pensar em alguns objetivos que possam fazer sentido.

Metas nos ajudam a planejar o caminho que vamos fazer para alcançar alguma coisa, e elas podem ser de curto, médio e longo prazo.

Anúncios

As metas de curto prazo geralmente podem ser concluídas de um a três meses, enquanto as de médio prazo geralmente podem ser concluídas em seis meses, e as de longo prazo podem durar anos.

Dependendo das suas metas, o plano de ação também precisará mudar, é por isso que ao defini-las você precisa ser específico com o que deseja, portanto defina valores, para o que o dinheiro será enviado e como busca alcançar.

E além de ser específico, é preciso também ser realista com o que quer, metas muito ambiciosas ou utópicas podem levar à desistência.

Tente começar com passos pequenos e que sejam mais alcançáveis, eles não só são válidos, como também servem como motivação.

Escreva as metas, podem ser em aplicativos, um papel ou algum lugar que você veja com recorrência para poder se lembrar delas e não perder o foco.

Pense também em prazos, eles não precisam ser absolutos, mas auxiliam a não se perder no meio do caminho para alcançar o objetivo.

Dicas para cumprir as metas financeiras

Agora vamos conhecer as melhores dicas que podem te auxiliar a ter uma abordagem mais efetiva no que diz respeito a cumprir as metas financeiras do ano novo.

1 – Entenda os seus gastos

O primeiro passo para poder cumprir suas metas financeiras, é entender seus gastos e hábitos financeiros.

É preciso fazer isso para poder entender com o que você mais gasta, faça esse acompanhamento durante um mês e tenha um melhor entendimento.

Com um aplicativo conectado nas suas contas bancárias é possível entender se o seu dinheiro vai mais para lazer, manutenção do lar, compras de roupa ou outras coisas.

Com esse rastreio dos seus gastos você pode pensar melhor nos próximos passos e melhorar seus hábitos financeiros, já que vai passar a entender onde se concentram seus maiores gastos e como é possível economizar.

2 – Defina metas de curto, médio e longo prazo

Já te explicamos como funcionam as metas de curto, médio e longo prazo, mas agora vamos te contar sobre uma técnica de definição de métricas.

A técnica SMART consiste em definir metas específicas, mensuráveis, atingíveis, relevantes e temporais.

Portanto, suas métricas precisarão ser claras sobre o que você quer, específicas, realistas e relevantes para seus benefícios em geral.

3 – Crie um orçamento mensal

Elabore um orçamento detalhado que inclua receitas, despesas fixas e variáveis. Isso proporciona uma visão clara de sua situação financeira e ajuda na alocação de recursos para suas metas.

O orçamento vai auxiliar você a se manter no caminho certo para cumprir as metas financeiras que deseja alcançar.

E nesse meio existem vários tipos de orçamentos, cada um funcionando de forma diferente para que possam atender às suas necessidades.

4 – Crie um plano de ação

Depois de ter as suas metas definidas e um orçamento preparado, você pode passar a criar o seu plano de ação, ele geralmente conta com um passo a passo que pode te levar ao estágio final.

O plano vai incluir etapas que farão com que seu objetivo final esteja mais perto, por exemplo, se você quer economizar 1000 reais em 6 meses, um dos passos do seu plano de ação pode ser reduzir seus gastos mensais em média de R$200 reais.

5 – Use ferramentas de controle

Com a tecnologia não precisamos mais fazer as coisas com tantos processos demorados, escrevendo a mão, a não ser que você queira isso. 

Podemos aproveitar aplicativos, sites e softwares para poder monitorar os seus gastos, categorizar os tipos de despesas e acompanhar o progresso em relação aos gastos e metas financeiras.

Aplicativos como o Mobills, Organizze, Guia Bolso, Meu Bolso, Meu Controle de Gastos e outros são opções disponíveis para computador, Android e iOS que permitem todo o controle na palma da sua mão.

6 – Crie um fundo de emergência

Um fundo de emergência é uma reserva monetária que poderá ser usada em casos de imprevistos, como a perda de emprego, despesas médicas ou caso alguma coisa quebre e precise de reparo.

Nesse caso é preciso que você tenha um fundo de emergência que possa te ajudar de três a seis meses, para que caso algo aconteça você não fique desamparado e sem pagar as despesas mensais que possui.

7 – Procure alternativas de renda extra

Uma forma de renda extra nunca faz mal a ninguém, certo? Principalmente para aqueles que querem cumprir as metas financeiras a que se propuseram.

Portanto, a renda extra pode vir como uma ajuda para poupar dinheiro ou te deixar respirar um pouco mais no final do mês.

Se a sua forma de renda extra não for comprometer a sua saúde, tempo e desempenho em seu trabalho principal, pode ser uma boa tática para aumentar o seu orçamento, economizar mais ou ainda fazer a reserva financeira.

Com essas dicas você poderá cumprir as suas metas financeiras e avançar nos seus objetivos a longo prazo.