Como começar a investir em ações passo a passo

Saiba tudo sobre como começar a investir em ações de forma descomplicada!

Anúncios


À primeira vista, o mercado de ativos de renda variável é uma ótima oportunidade para ganhar rendimentos mais altos.

Cartões mais recomendados

No entanto, muitos investidores iniciantes tem medo de dar esse passo, ou acham que o investimento em ações é algo complicado e um bicho de sete cabeças.

Atualmente, não é mais assim, afinal, você faz tudo com segurança através da tela do celular. Logo, o requisito primordial para fazer um bom negócio são conhecimento e estratégia.

Sendo assim, se você quer saber como começar a investir em ações, confira nesse conteúdo o passo a passo essencial. Descubra o que são ações, bolsa de valores, como funciona, as melhores estratégias e análise do mercado!

como começar a investir em ações

O que são ações?

Antes de mais nada, é preciso que você tenha em mente a noção de alguns termos do mercado. Em suma, ações são pequenas partes de uma organização vendidas a terceiros.

Isto é, parte do valor de uma determinada empresa pode ser vendida a pessoas fora da sociedade.

O registro da compra e venda é feito de modo digital, aliás, hoje não precisa de um papel para comprovar que o investidor possui uma ação em uma determinada empresa, como funcionava antigamente.

Anúncios


Ademais, é importante você saber que as ações são divididas em grupos específicos. Cada um tem características distintas, dessa forma o direito e responsabilidade de cada comprador depende do tipo da ação.

Veja logo a abaixo a diferença de cada uma delas!

Ações ordinárias: nesse tipo o acionista tem direito a voto, bem como participa das decisões da empresa, caso queira. Aliás, quanto mais ações o investidor tiver, maior será o poder de voto.

Ações preferenciais: não gera direito a voto, mas os acionistas tem preferência no momento de receber os lucros da empresa.

Certificado de depósito de ações: são diversos ativos financeiros com ações variadas. Em outras palavras, o certificado funciona como um “combo de ações”, que inclui opções ordinárias e preferenciais.

Ações Blue Chips: são ações de empresas que tem o maior volume de negócios na Bolsa de Valores Brasileira.

Mid Caps: essas são um nível intermediário de ações negociadas na Bolsa de Valores.

Anúncios


Small Caps: são ações mais baratas, provenientes de empresas de pequeno porte.

O que é Bolsa de Valores?

De fato, uma dúvida muito recorrente ao grupo de iniciantes que deseja saber como começar a investir em ações é referente a Bolsa de Valores. Resumidamente, esse é o lugar onde acontece a negociação de ações de diversas empresas.

Sendo assim, a Bolsa de Valores é a instituição responsável por organizar a negociação de ativos e garantir a segurança das operações. Em conjunto com a Bolsa, vários órgãos também trabalham juntos para garantir a integridade.

Com relação ao parágrafo anterior, podemos citar a participação ativa da CVM (Comissão de Valores Imobiliários). A instituição é responsável por regular e fiscalizar o mercado para evitar fraudes.

Como funciona a Bolsa de Valores?

Como vimos, as negociações de ações começam na Bolsa de Valores no exato momento em que as empresas fazem uma oferta pública. Assim, as organizações disponibilizam uma parte do negócio em forma de ações.

Dessa forma, o primeiro momento da oferta é conhecido como “mercado primário”. Onde, os ativos saem em primeira mão para ser comercializados pelos investidores na Bolsa.

Em outras palavras, para você entender melhor o conceito, podemos dizer que o mercado primário é onde acontece as ofertas de “ações 0KM”.

Por outro lado,  Mercado Secundário, é onde as ações de um investidor na Bolsa são comercializadas a outros investidores. Nesse caso, seria “semelhante a um carro usado vendido no mercado”.

Passo a passo sobre como começar a investir em ações

De antemão, os passos sobre como começar a investir em ações não são nada complicados ou tampouco burocráticos. Na verdade é bem mais simples do que parece.

No entanto, antes de tudo é preciso ter cautela e selecionar a estratégia condizente com as suas expectativas. Afinal, essa é uma ótima oportunidade para garantir lucros vantajosos, mas também há o risco de perdas.

Confira o passo a passo sobre como começar a investir em ações!

1 – O primeiro passo sobre como começar a investir em ações: junte uma boa quantia de dinheiro

O primeiro  passo sobre como começar a investir em ações é juntar uma boa quantidade de dinheiro. Logo, não existe um valor mínimo para realizar a operação, mas quanto maior for o seu investimento, maiores serão os seus lucros.

A maioria das ações são negociadas em “Lotes de 100”. Ou seja, se um ativo custar R$17,00, para fazer a aplicação é necessário multiplicar o valor por 100. Resultando em R$1.700,00.   

Também é possível comprar quantidades pequenas de ações, mas para isso é preciso serem negociadas individualmente.

Outra informação importante, para servir como uma parâmetro no momento de fazer a sua aplicação é com relação aos custos. Na negociação são 3 custos existentes: taxa de corretagem, taxa de custódia e imposto de renda sobre os ganhos de capital.

Atualmente, existem corretoras que não cobram a taxa de corretagem ou custódia. Mas é preciso estar atento na confiabilidade da instituição que fará a tramitação.

como começar a investir em ações

2 – Descubra o seu perfil de investidor

Previamente, saiba dizer quais são as suas preferências e expectativas com relação às aplicações financeiras. Há diversas plataformas que oferecem ferramentas para identificar como é o seu perfil de investidor, como a Ágora e a Toro, por exemplo.

Ao acessar  a plataforma, basta apenas responder as questões em forma de Quis. Por diante, os investimentos que você realizar precisam ser condizentes com as suas expectativas. Pois esse é o caminho para o sucesso!

3 – Abra uma conta em uma corretora

O próximo passo para começar a investir em ações é abrir uma conta em uma corretora. São por meio dessas  instituições que será feito toda a intermediação entre os investidores e o mercado de ações.

Em outras palavras, são pelas corretoras que o investidor compra e vende ações. As negociações são realizadas por telefone ou pela internet no Home Broker.

De fato, existem no mercado diversas corretoras, mas como mencionamos anteriormente, é primordial ter uma boa reputação. Uma recomendação das mais confiáveis são a Ricco e a Toro.

4 – Selecione as melhores opções

Sobretudo, para fazer um bom negócio e ter sucesso nas suas operações financeiras, adquira conhecimento sobre as empresas que negociam suas ações na bolsa.

Sendo assim, o primeiro passo é estudar sobre as opções disponíveis e saber identificar o momento certo para comprar ou vender ações. Logo, tudo precisa estar alinhado com o seu perfil de investidor e a quantia de dinheiro que será posta em jogo.

Estratégias para começar a investir em ações

De fato, são infinitas técnicas e estratégias para operar com ações. Porém, tudo depende de como é o seu perfil e quais são os seus objetivos financeiros. Separamos nas linhas abaixo as melhores estratégias para ganhar bons rendimentos com renda variável.

Day Trade

O Day Trade são negociações de ações em curtíssimo prazo na Bolsa de Valores. Com essa estratégia, você consegue comprar e vende-las no mesmo dia. Em alguns casos são questões de horas ou minutos!

Curto Prazo

A estratégia de ações a curto prazo são operações feitas em um curto período de tempo. Geralmente, em até um ano, são conhecidas também como Swing Trade.

Para fazer o investimento é preciso acompanhar as tendências do mercado e selecionar as ações com mais liquidez. Pois, assim é possível efetuar a venda com mais facilidade.

Longo Prazo

Já a tática de operar com ações a longo prazo se encaixa perfeitamente a objetivos que demandam mais tempo. Dessa forma, o investidor torna-se um sócio da empresa e ganha rendimentos conforme a receita e resultados.

No entanto, ao selecionar a opção de investir em ações a longo prazo é que elas podem subir, ou cair de uma hora para a outra. Sendo assim, o ideal é uma das estratégias mais usadas é o Position Trade, onde as posições das ações são mantidas por  um tempo mais elevado.

Dividendos

Com razão, uma das melhores formas para ganhar com ações é usando a estratégia de dividendos. Ademais, as empresas que pagam bons dividendos na maioria das vezes são as mais consolidadas no mercado e com receita em evolução de maneira constante.

Um exemplo são as companhias distribuidoras de energia, pois não precisam de muitos investimentos para abrir filiais em outras cidades. Consequentemente, os valores do lucro obtidos são mais altos!

Você pode usar a estratégia de Dividendos tanto para receber renda de maneira recorrente, como para continuar comprando ações da empresa e aumentar a sua parte.

Long Short

Resumidamente, o Long Short trata-se da venda de ações antes mesmo de comprá-las. O objetivo é fazer aplicações em ativos com um preço mais baixo, estimando um valor para venda no futuro.

Como escolher e analisar as ações?

No Mercado de Ações existem duas formas de análise importantíssimas que você deve dominar: a análise técnica e a fundamentalista. Veja só!

Análise técnica

Com a análise técnica das ações, as informações principais são expressas em forma de um gráfico. Assim, é possível identificar padrões e estimar o comportamento futuro.

Aliás, a análise técnica é muito  usada nas operações de Day Trade!

Análise Fundamentalista

Por outro ponto de vista, a análise fundamentalista estuda as características financeiras de uma empresa. Tais como: projeção de crescimento, riscos, fluxo de caixa, lucros e prejuízos e semelhantes…

Através dessas informações, o investidor tem um parâmetro para determinar o potencial de crescimento e desenvolvimento de uma organização. Tendo em mãos, os dados necessários para decidir se as ações de uma determinada empresa são um bom negócio ou não.

Finalizando o assunto sobre como começar a investir em ações…

Com relação a todo o conteúdo apresentado, podemos concluir que investir em ações com cautela e estratégia é  uma das aplicações financeiras mais vantajosa e que geram resultados promissores.

Mas, para fazer um bom negócio você precisa estar confortável com a situação e não ter medo de perdas futuras. Pois afinal, elas funcionam como se você “estivesse abrindo um negócio”.

No qual, hoje as suas vendas estão bombando e os resultados são promissores. Amanhã, devido uma crise, o negócio entra em recesso e até mesmo pode acontecer de as portas se fecharem.

Ou ao contrário, onde hoje a empresa é apenas um negócio de “pequeno e médio porte” e amanhã entra em expansão e domina o mercado. Por esse motivo é necessário estar bem atento com as tendências da economia, analisar o segmento da empresa a qual você irá investir e a reputação dos dirigentes.

Em suma, as informações apresentadas aqui são as principais que você deve saber antes de começar a sua estratégia de investir em ações. Aproveite e leia também: “Ativos Financeiros, o que são, como investir? Clique no botão abaixo e saiba mais!

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Leia Mais

Cartão VISA com limite INACREDITÁVEL

Você já descobriu a novidade que a VISA está proporcionando aos clientes? Um novo cartão com limite inacreditável está na área! Anúncios Nossa equipe decidiu