6 produtos financeiros que todo mundo deve ter na carteira

Descubra quais são os produtos financeiros que você deve ter!

Anúncios



Ao ouvir falar em produtos financeiros, você certamente já começa a pensar em investimentos, não é mesmo?

Cartões mais recomendados

De fato, quem quer acelerar o crescimento financeiro, ter mais liberdade no futuro e garantir a segurança na aposentadoria, deve começar a investir o quanto antes.

Entretanto, além dos investimentos, há outros produtos financeiros que toda pessoa deve ter!

Se você quer saber quais são eles, continue a leitura.

produtos financeiros que todos devem ter na carteira

1. Cartão de crédito

O cartão de crédito, quando utilizado da forma correta, facilita a sua vida.

Na hora de dar conselhos financeiros, muitas pessoas dizem que a melhor coisa a se fazer, é cancelar o cartão de crédito.

Anúncios


Entretanto, não é bem assim. Afinal, essa ferramenta oferece várias vantagens para os clientes!

O primeiro deles, sem dúvida, é a praticidade. Os cartões de crédito são aceitos basicamente em qualquer lugar e podem até mesmo serem usados para compras internacionais.

Além disso, alguns deles te dão cashback e oferecem programas de milhas (ideal para quem gosta de viajar mas quer economizar).

Por isso, se você quer aumentar a sua organização financeira, vale a pena ter um cartão de crédito. Desde que, claro, você controle os seus gastos e tenha organização financeira.


2. Conta poupança

Quando se trata de rendimentos, a poupança está longe de ser uma boa opção.

É que existem outros investimentos seguros de renda fixa que oferecem uma rentabilidade muito maior que a poupança. Por isso, não a utilize para guardar dinheiro para a sua aposentadoria ou para objetivos de médio e longo prazo.

Anúncios


De qualquer forma, a poupança continua sendo uma opção segura para você colocar uma quantia que pretende utilizar muito em breve, ou então, para fazer retiradas urgentes.

Outras vantagens desse produto financeiro, são a isenção de Imposto de Renda e de taxas administrativas.

Aliás, se você pretende guardar dinheiro para usar no curto prazo, mas quer fugir dos baixos rendimentos da poupança tradicional, está na hora de conhecer os bancos digitais.

No Nubank, por exemplo, você pode guardar o seu dinheiro, que irá render 100% do CDI. O valor armazenado na sua conta do Nubank pode ser resgatado a qualquer momento.

Embora a conta Nubank não seja exatamente uma conta poupança, mas sim uma conta de pagamentos, ela oferece vários benefícios que a poupança tradicional oferece, como por exemplo, liquidez diária.


3. Conta corrente

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, uma conta corrente possui várias utilidades além de receber dinheiro, fazer transferências e pagar contas.

Com uma conta corrente, você tem acesso a cartões de crédito, empréstimos, financiamentos e muito mais.

Por mais que os bancos cobrem tarifas para armazenar o dinheiro que você deixa na conta corrente, ser correntista faz muita diferença na hora de solicitar um empréstimo.

E se você está pensando em abrir uma conta, antes de qualquer coisa, faça uma análise das taxas cobradas pelos principais bancos. Assim, você conseguirá fazer a escolha mais vantajosa para você.

4. Conta de investimento

A conta investimento é um serviço que funciona de forma muito parecida com a conta corrente.

A diferença é que a conta investimento, como o nome já diz, é recomendada para quem está começando a investir.

E como você já sabe, se você quer fazer o seu dinheiro render, não dá para deixar o dinheiro parado na conta corrente e nem na poupança tradicional, não é mesmo?

Mas afinal, como funciona uma conta investimento?

Basicamente, o titular vai fazer transferências para a conta, comprar títulos de ações e movimentar os seus investimentos. Você também consegue acompanhar os seus rendimentos e fazer resgates quando que precisar.

Praticamente todos os bancos oferecem uma conta de investimento para os seus clientes.

Nesse tipo de conta, os seus investimentos vão ficar separados da sua conta corrente.

Dessa forma, você consegue se organizar financeiramente, pois os seus investimentos vão ficar separados do valor que você tem na sua conta corrente e usa para pagar contas.


5. Títulos públicos

Se você quer começar a investir em produtos financeiros e diversificar a sua carteira, está na hora de conhecer os títulos públicos.

Como o próprio nome já diz, os títulos públicos são títulos de dívida emitidos pelo Governo Federal. Isso acontece através do Tesouro Direto, um programa do Tesouro Nacional que surgiu em parceria com a B3 há quase 20 anos.

O objetivo do programa, desde o início, foi democratizar o acesso aos títulos públicos.

Atualmente, pessoas físicas podem comprar títulos com apenas R$ 30.

Como você pode ver, nós estamos falando de um investimento acessível – que oferece boas possibilidades de retorno financeiro.

Os tipos de títulos disponíveis no Tesouro Direto são:

• Tesouro prefixado: a rentabilidade será a taxa de juros definida no momento da compra do título.

• Tesouro IPCA: é uma modalidade de título híbrido. A rentabilidade é composta por uma parte variável e outra parte fixa.

• Tesouro Selic: opção pós-fixada cuja rentabilidade acompanha a taxa Selic (a taxa básica de juros da economia).


6. CDB (Certificado de Depósito Bancário)

O CDB é um dos investimentos de renda fixa mais conhecidos do mercado.

Dentre os principais motivos pelo qual esse investimento é tão procurado, podemos citar a rentabilidade atrativa e a segurança.

Basicamente, o CDB é um título emitido por bancos e instituições financeiras para captar recursos financeiros para as suas atividades.

Ao investir em um CDB, você está, na verdade, emprestando o seu dinheiro para o banco.

Em troca desse empréstimo, o banco irá devolver (na data estipulada) o seu dinheiro mais o juro definido no momento do investimento.

O valor mínimo de aplicação em um CDB depende da instituição financeira, da taxa de retorno oferecida e do prazo de vencimento do título.

tesouro direto ou cdb qual o melhor

Conclusão

Agora você já sabe quais são os produtos financeiros que toda pessoa deve ter.

O cartão de crédito, a conta poupança e a conta corrente, servem para trazer mais praticidade no seu dia a dia.

Já a conta de investimento, os títulos públicos e os CDBs, são ideais para você começar a investir e potencializar os seus ganhos, principalmente no longo prazo.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Leia Mais

Cartão VISA com limite INACREDITÁVEL

Você já descobriu a novidade que a VISA está proporcionando aos clientes? Um novo cartão com limite inacreditável está na área! Anúncios Nossa equipe decidiu